Publicado em 03 de abril, 2019 as 08h13.

A importância das aulas teóricas nos CFCs

Por
Aulas teóricas no CFC
Foto: Freeimages.com

Quando se fala em teoria, qualquer que seja, regra geral, as pessoas “torcem o nariz”. Isso tudo porque a teoria, muitas vezes é desvalorizada e apresentada de forma pouco interessante para os alunos. Isto ocorre, também, nos CFCs porque os alunos, futuros condutores, chegam para fazer sua matrícula perguntando como fazer para tirar sua “carteira” nunca questionam como é o processo de primeira habilitação. Levando em consideração que a carga horária teórica nos CFCs, por força de lei, é a menor que qualquer outro curso oficial, mantê-los interessados em assuntos densos como Legislação, por exemplo, é um desafio.

A pergunta do momento é: as aulas teóricas nos CFCs são importantes?

Podem ser apresentadas outras questões em resposta a anterior: as pessoas conseguem aprender de forma autônoma? Há condição de aproveitamento de temas como a Legislação, já citada anteriormente, apenas lendo as informações na Internet ou qualquer outro meio que tenha acesso?

Claro que é possível sim, tanto ter aproveitamento, como ser aprovado no exame do DETRAN, seja por sorte, ou por ter decorado ou aprendido o conteúdo. Contudo, fica aí outra questão importante: e a convivência social, tão necessária e importante no trânsito? E a possibilidade de tirar as dúvidas, discutir com os colegas, aproveitar estes momentos de interação social para aprender mais, onde ficam?

Não há como substituir isso tudo. Os CFCs, têm, em suas equipes, instrutores qualificados e preparados, que estudam profundamente os conteúdos para dar as aulas teóricas e promover a interação dos alunos no pouco tempo de que dispõem. Desta forma, o que poderia substituir o relacionamento interpessoal?

Conteúdo, a teoria propriamente dita, não é impossível aprender, mas a interação social que as aulas teóricas permitem, a experiência da convivência em grupo e a troca de informações e conhecimentos que só um bom instrutor de CFC pode oferecer jamais poderá ser obtida na Internet, mesmo que através de vídeos.

Atualmente

Que tipo de condutores estaremos formando? Se hoje o aproveitamento das aulas teóricas já é bem pequeno, se as aulas teóricas, devido a uma série de fatores que interferem no processo, não conseguem preparar os alunos para a realidade do trânsito, o que dizer dessa formação sem as aulas teóricas?

É certo que o mundo de hoje não é o mesmo de 10, 5 ou 3 anos atrás, isso é inegável. A tecnologia avança a passos largos e muito rapidamente e podemos aproveitá-la para complementar as aulas. Porém, o trânsito é o maior ambiente social que vivemos e que vai exigir sempre: respeito ao próximo, educação, empatia e tantos outros valores que devem ter sido aprendidos em casa. Esses valores são essenciais para um trânsito mais humanizado com menos acidentes e tragédias…isso só se pode obter com a troca que é promovida, na convivência com outros seres humanos. E que melhor momento do que as aulas teóricas, onde, além do que aprender conteúdos, temos a chance de reaprender a conviver com seres “reais”?

Temos que nos adequar aos novos tempos sem perder a nossa essência: somos seres sociais, vivemos em grupo. O momento das aulas teóricas no CFC nos proporciona esse convívio e resgata esse sentimento de pertencimento a um grupo.

No centro de toda essa questão social, está o conhecimento teórico necessário, não só para a aprovação no exame, mas para o dia a dia no trânsito dos futuros condutores. Mais do que isso, no futuro do trânsito das cidades.

20 respostas para “A importância das aulas teóricas nos CFCs”

  1. nair botti disse:

    Eu ainda acrescentaria que tais mudanças se houverem,vão ser tomadas a nível de Brasil e não só nos grandes centros. Mesmo nos grandes centros ainda existem aquelas pessoas que são consideradas analfabetas digitais, que não dominam a maquina, que não tem um computador para estudar que vão precisar procurar outros meios para estudar e mais, o que dizer dos lugares mais afastados que ainda hoje não utilizam sequer a biometria para validação das aulas? Nos CFCs os professores percebem os alunos que não conseguem acompanhar o conteúdo e precisam de mais atenção. Como sozinho o candidato vai resolver esta questão?

    • Janete Souza disse:

      Sou instrutora teórica a 06 anos, e não vejo um outro meio de formarmos bons condutores, se não, atravéz de uma boa aula presencial, faço faculdade EAD de Gestão de Trânsito, e ainda assim sinto a falto de estar na presença de um professor, daí a importância das aulas teóricas presenciais.

  2. Juliana disse:

    Obrigada por se importar,e demonstrar essa preocupação através de seu artigo,
    É muito importante a tecnologia,e o que ela nos proporciona mas tão importante quanto é não esquecer da importância do convívio social

  3. NAHUM XAVIER DE ALMEIDA disse:

    SOU INSTRUTOR TEÓRICO HÁ 10 ANOS E CONFESSO QUE, ESSA INTERAÇÃO NA SALA DE AULA REALMENTE É EXCEPCIONAL! E IMPORTANTÍSSIMA NA VIDA DOS FUTUROS CONDUTORES.A TROCA DE INFORMAÇÕES “ENRIQUECE” DEMAIS OS CANDIDATOS. DIGO COM TODA CERTEZA POR SER: INSTRUTOR TEÓRICO E FAZER FACULDADE A DISTÂNCIA. CHEGUEI NUM MOMENTO ONDE A PRESENÇA FÍSICA NA SALA ESTÁ ME FAZENDO MUITA FALTA.ESTOU APRENDENDO, ENTRETANTO, FICA FALTANDO ALGUMA COISA PARA COMPLETAR A MINHA SATISFAÇÃO NESSE SISTEMA DE ENSINO SUPERIOR.

  4. José Oliveira de Almeida disse:

    José o Almeida tudo que se aprende na vida,só tem a somar , o aprendizado de hoje e o futuro do amanhã para todos sem exceção ,segundo Sócrates, quanto mais eu sei ,sei que nada sei at velho mestre zico

  5. Glória disse:

    Às vezes, pelo fato de muitos instrutores não se preocuparem com a didática de ensino, é que se deve a desvalorização das aulas teóricas. Os instrutores em muitos CFCs que conheço só aplicam simulados e os alunos decoram conteúdos e pronto. Daí saem reclamando do método de ensino do instrutor, levando à ideia de que aula teórica em EAD tem a mesma importância que a aula presencial. Aaula presencial, é indispensável, ali tem interação, convivência, calor humano, esclarimento de dúvidas, etc. O BOM instrutor é um mediador de conhecimento, o que só é possível em aulas presenciais.

  6. Boa Tarde. Sou instrutora teórica em um CFC no estado do Espírito Santo.
    Trabalho nessa área há mais de dez anos e venho desenvolvendo técnicas cada vez mais humanizadas para interagir com nossos alunos. Oferecer lanche durante as aulas, trocamos o pneu do carro na área externa do CFC, abrir o motor, conferir o óleo, completar água…
    Até colocar moto dentro da sala de aula para explicação se tornar mais atrativa, são rotinas no nosso CFC e fazem parte do nosso plano de aulas. Além de toda conscientização social e comportamental que são de exterma importância para o condutor.
    O trânsito exige cada vez mais do condutor, por isso ele deve ser muito bem preparado para esse espaço social. .
    Não acredito que uma formação EAD seja capaz de substituir as minhas aulas.
    Mas infelizmente muitos CFCs banalizam a formação teórica, desmerecendo seu próprio negócio.

  7. Robson Faria disse:

    Pena que as CFC’s não querem intrutores que aprovam, preferem os embustes que se mantem em 60% só porque o Detran exige… Instrutor que atinge 80% de aprovação ou mais, não é interessante para a CFC, pois estes alunos, teem grande tendência de passar de primeira nas aulas práticas também e assim deixam menos R$ na autoescola

  8. Renilson disse:

    Sou instrutor a mais de 10 anos.Aqui no Pará. Além de tudo que meus nobres colegas falaram,podemos citar a falta de interesse do próprio candidato.Pois aqui na região a grande número de pessoas que dirigem sem habilitação. Só recorrem a CNH,em último caso.E aqui na cidade o trânsito é municipalizado e a uma certa fiscalização.

  9. Diaine disse:

    Sabemos que as mudanças estão acontecendo muito rápido, principalmente em relação a tecnologia, por isso a importância de concientizar o aluno que aula teórica não prepara só para prova. Aulas feitas com a interação do aluno, em grupos, dinâmicas em fim, entender que o instrutor não é mais aquele que transmite conhecimento. O uso das aulas teóricas invertidas são de extrema importância para o aprendizado do aluno.

  10. Antonio Raimundo Souza Lima disse:

    As aulas teórica são muito importante porem pouco valorizada, o tempo de curso teórico é muito pequeno para um conteúdo amplo e de suma importância para o aprendizado onde englobas diversos assuntos que deparamos no nosso dia a dia, os educadores não são valorizado como em toda área de educação no brasil, a educação sempre foi o pilar para uma civilização melhor e sempre será, as pessoas não verem esta situação é lamentável, e o resultado esta ai para todos verem, condutores que não respeitas as normas de transito, impunidade, atos irrelevantes, famílias destroçadas fatalmente por motivos incrédulo… Acredito que valorizar o conteúdo educacional teórico enrique-lo cada vez mas, pode vim trazer bons condutores para um futuro promissor, porque os que já existem cometendo os atos irrelevantes continuarão causando problemas e só serão detidos com punições severas… Hoje pessoas matam pessoas com carros e não acontecem nada pagam fiança e vão embora sem nenhum remorso, cumpre algumas penas em liberdade e aquele que morreu as pessoas esquecem, passa ser apenas mais uma vitima das estatísticas de transito em nosso país.

  11. Patrick Mattos disse:

    Realmente, as aulas em sala, são extremamente importantes, como instrutor teórico, sei o quanto me dedico ao ensino. Mas não podemos nos esquecer, e lembrar de alunos que não querem estar lá na sala, vivemos em tempos que as pessoas estão com dificuldade de se socializar,e também alunos que realmente não querem aprender, creio a tecnologia ajuda, e muito, e evita o desgaste para profissionais que cansam de ensinar para quem não quer aprender. Sou a favor do ensino a distância sim, e valorizo o trabalho em sala. Que Jesus Cristo abençoe todos da profissão.

  12. Hélio Albuquerque da Silva disse:

    Diante da popularização das mídias digitais, cada vez mais, os jovens têm demonstrado inquietação no formato, ainda tradicional, da sala de aula. Aquele modelo de aulas expositivas, em que apenas o instrutor fala e produz conhecimento, será que tem ficado ultrapassado dentro do contexto atual? Acho que não, com isso, o que se observa dentro do cenário inovador da educação é o instrutor teórico apenas como mediador das ações propostas, certo? Sendo assim, o instrutor teórico transmite o saber, mas provoca o aluno para a construção do seu conhecimento para o trânsito, por isso à importância das aulas teóricas.

  13. Denis Alexandre disse:

    O candidato q não quer aprender, todo professor teórico o identifica nas primeiras aulas. Eu, como instrutor bondoso que sou, faço uma proposta. A de que ele pode ficar fora da sala de aula se quiser, usando seu zap zap. Porém se quiser ficar em sala de aula terá q seguir regras. Pois no trânsito ele terá que aprender a lidar com regras e com a lei, e com controle emocional também! Pois terá sempre um motorista com mais pressa do que ele!
    Enfim. Ser muito rígido não cativa o aluno mas consegui encontrar o equilíbrio entre ser sério e provocador. Provocar os alunos com perguntas do tipo:
    Você visualiza um acidente acontecendo na sua frente, em uma rodovia, depois de uma curva, qual seria sua primeira decisão???
    (Vejam, são pouquíssimos os q sabem qual procedimento, qual é 1° decisão, 2° e 3°)
    Correndo risco de permitir q seja provocado mais acidentes por falha na sinalização do local.
    Pra quem tiver interesse no que estou falando digitem no YouTube assim:
    Três acidentes em três horas. Com Paulo Ademar.
    Foram três acidentes em três horas no mesmo local do primeiro! E a polícia rodoviária federal já estava no local!!!
    Enfim, é dando informações que se muda formas de pensar e agir!
    O instrutor é um comunicador. E tem o dever de contribuir com aulas q as pessoas tomem consciência e formem opinião.

  14. Iêda disse:

    O trânsito de hj exige principalmente a mudança de comportamento e isso passa por uma palavra chamada Educação com responsabilidade. será q estamos preparado para respeito a vida e ao meio ambiente.

  15. Iêda disse:

    Sou a favor do ensino a distância por quê subtende se q atingiu a maioridade ja é imputável e pode ser penalizado antes de concluir a PPD. Na auto escola tem instrutores, Diretora de ensino e Geral é só usar o q foi ensinado e passar por reciclagem e avaliação.

  16. Adriana Esteves disse:

    Meu nome é Adriana Esteves, instrutora teórica a mais de dez anos, o curso doc FC é fundamental para qualquer motorista imagine para um novo condutor!!!!! Todo aprendizado é importantíssimo ainda mais preparando para a grande responsabilidae de conduzir um veiculo, não recetivas o cursinho presencial e sim ampliar!!!!! Q Deus tenha misericórdia e nos instrutores teóricos

  17. André Luis Bizarria Guilherme disse:

    Sou instrutor teórico a dez anos na cidade de São Paulo aonde temos um trânsito caótico manhã, tarde e noite, motoristas sem educação alguma, imprudentes, irresponsáveis, infelizmente nossos governantes estão indo na contra-mão de países desenvolvidos, que além da primeira habilitação quando renova-se a CNH é preciso frequentar algumas aulas teóricas, educação, convívio, e respeito, três palavras que estão diariamente em qualquer sala de aula teórica no Brasil.

  18. Eleandro Neis disse:

    Sou instrutor a doze anos, o que posso dizer é que comparo a teoria como uma pirâmide, inicialmente com a realidade do trânsito em qual ele convive, passando após para o estado e por fim, chegando a nação, tudo isso dentro da legislação, decretos e portarias, de nossa cidade, estado e país, eis a importância, pergunto?como um curso online, a nível nacional irá preparar condutores pra ingressarem no trânsito de suas regiões?

  19. Simoni Izabel Rosa Pacheco dos Santos disse:

    Terminei hoje o curso teórico e afirmo com toda certeza que é fundamental, não só para a aprovação no exame, mas também para o dia a dia no trânsito. #afavordeaulateorica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *