Publicado em 13 de novembro, 2019 as 14h13.

Escolha do material didático para curso teórico: um assunto sério

Por
Material didático para curso teórico
Foto: Arquivo Tecnodata.

Em qualquer local onde se pratique educação, parte do que se pretende ensinar está apoiado e embasado no material didático oferecido aos alunos, o que pode tornar o ensino mais dinâmico. É essencial, contudo, a preparação dos profissionais para utilizar esse recurso.

A fim de se obter bons resultados, ao fazer a avaliação para escolha do material de apoio deve se ter em mente alguns critérios importantes como: a qualidade gráfica, avaliar se o conteúdo está atualizado e tem relação direta com o que se precisa ensinar aos alunos, se os conteúdos são apresentados de forma dinâmica e estimulante, se motivam os alunos a buscar mais conhecimento, complementar o que aprenderam. De nada adianta escolher material didático pelo seu visual, tampouco pelo menor preço; nem sempre o mais barato é o melhor, assim como o mais caro. Muitas vezes, a “maquiagem” de um material de apoio esconde erros de conceito e até de conteúdo.

Além do material didático impresso, como material complementar, o Instrutor pode e deve utilizar vídeos, filmes, dinâmicas (que já disponibilizamos aqui), simulados e muitos outro recursos, o que vai tornar a sua aula mais atrativa.

A aprendizagem é um processo contínuo e o material didático, como parte desse processo, dá significado ao conteúdo. O livro didático é a principal ferramenta de apoio utilizada pelo Instrutor em sala de aula, seja na forma impressa, seja na versão digital que é um modelo mais moderno e está disponível a qualquer momento. Quando da escolha do material didático, isso deve ser levado em conta também.

O valor do material didático não está em si mesmo, mas na utilização que se faz dele. De nada adianta um material didático interessante se não for utilizado de forma adequada ou não corresponder ao conteúdo que se quer desenvolver com os alunos. Por este motivo, ao escolher o material, deve-se avaliar, além de tudo que foi listado antes, o suporte dado ao instrutor, os recursos extras que são oferecidos para que o Instrutor desenvolva aulas interessantes e estimulantes aos alunos.

Os materiais didáticos, tão esquecidos lá no cantinho, são de fundamental importância para a aprendizagem dos alunos desde que sejam bem utilizados, não apenas ferramentas de leitura e “decoreba” para conseguir aprovação na prova teórica.

Se o seu CFC não utiliza o material didático da Tecnodata Educacional, aproveite e faça contato com uma das nossas Consultoras. Elas vão dar detalhes sobre toda a linha de materiais didáticos da melhor qualidade para os seus alunos. Fica a dica.

Bom trabalho!

 

2 respostas para “Escolha do material didático para curso teórico: um assunto sério”

  1. Jesus Santos disse:

    Bem lembrado, o uso adequado do material didático em cursos, principalmente nos que são destinados a motoristas profissionais, sejam de cargas ou passageiros. Fui motorista carreteiro e instrutor por muitos anos (só 34 !), em uma única empresa (a BBM), Em muitos cursos de aperfeiçoamento que participei, notei a presença de materiais didáticos da Tecnodata, mas nem sempre usados adequadamente pelo instrutor! Sou fã destes materiais e sim, também acho que é muito importante que o instrutor saiba aproveitar os seus conteúdos nos cursos por ele ministrados. A Tecnodata, está de parabéns pelo seu excelente material didático!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *