Publicado em 02 de setembro, 2019 as 17h45.

CFC News: SNT 2019, curso de reciclagem, simulador e novo programa para CFCs

Por

O especialista em trânsito Celso Alves Mariano apresenta o CFC News com as principais notícias da semana.

Lançamento campanha SNT 2019

Com o tema “No trânsito o sentido é a vida” acontece esse mês a Semana Nacional de Trânsito. O Denatran apresentou as peças e o mote da campanha.

Curso de reciclagem

Curso reciclagem para condutores infratores é destaque no Portal do Trânsito. Assunto sobre o qual ainda pairam muitas dúvidas, especialmente quanto a modalidade EAD e também quanto ao Curso Preventivo de Reciclagem.

Simuladores

Diferente do que foi interpretado inicialmente pela maioria dos especialistas da área, o TRF4 explicou que a abrangência da decisão do Agravo de Instrumento, aquela que suspende os efeitos da Res 778, que é aquela que desobriga o uso de Simuladores na formação de condutores, é válida apenas para os CFCs filiados ao SindiCFC-RS), que é o autor do pedido. Veja posicionamento de associações nacionais sobre o tema.

Sorteio kit livros OPAS

O Portal do Trânsito irá sortear no dia 03 de outubro de 2019 dois kits com duas publicações da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) sobre saúde e segurança no trânsito. Saiba como se inscrever!

Programa de análise de questões

Será lançada, em breve, uma nova série para clientes da Tecnodata: análise de questões dos DETRANs em vídeo.

9 respostas para “CFC News: SNT 2019, curso de reciclagem, simulador e novo programa para CFCs”

  1. Manuel disse:

    O simulador de veiculos para auto-escolas nem deveria existir é um programa fraco q não ajuda o aluno em nada, sempre foi e sempre será o veículo como o melhor simulador porwue eke e prático e o candidato aprende a conhecer o carro q prática e assimila melhor as aulas.

    • arley disse:

      Descordo totalmente das opiniões o simulador e excelente,facilita e muito nas explicações para quem nunca dirigiu pois não só ajuda os alunos a terem mais controle e habilidade na hora de ir para o veiculo como também na manutenção dos próprios veículos caindo 25% o valor das manutenções isto por que o aluno já vem mais preparado mais seguro sabendo os comandos básicos e tendo uma boa noção de transito então vejo que cabe a cada centro de formação de condutores ter instrutores capacitados para poder ensinar melhor seus alunos e se for algum aluno que não teve uma boa experiencia com sua autoescola procure não indicá-la e pesquisarem melhor as autoescolas antes de fazer a matricula pois existem vários tipos de profissionais bons e ruins em todas as áreas fica aqui minha aprovação e continuação para o uso do simulador

      tem instrutor qualificado ou com pensamento retrógrado

  2. Manuel disse:

    O simulador de veiculos para auto-escolas nem deveria existir é um programa fraco q não ajuda o aluno em nada, sempre foi e sempre será o veículo como o melhor simulador porque ele é prático e o candidato aprende a conhecer o carro q prática e assimila melhor as aulas.

  3. Alexandre disse:

    Dou aula de simulador e no carro também, e realmente o simulador ajuda muito na questão das primeiras aula, o aluno realmente vai com uma noção inicial, já dei aula na pratica para alunos que eu só pedi para ele fazer o mesmo processo que ele fez no simulador e ele saiu com o carro, trocou até a terceira marcha, só precisei continuar o ensinamento dali pra frente. a maior criticas referente a simuladores são de instrutores que nem sequer viram ver como funciona o simulador e como ele realmente ajuda o aluno, ou de quem nem conhece, a tecnologia esta aqui para ajudar no preparo de futuros condutores nesse transito que temos hoje!

  4. Bem nem falarei demasiadamente como alguns fazem por ai: mas acompanho alguns alunos que se beneficiaram do uso dos simuladores, aproximadamente 15.000 ( quinze mil alunos do ano de 2014 a 2019), todos este acima citados foram alunos que eu tive a oportunidade de aplicar tais exercícios:
    O instrutor que aplica aulas nos simuladores, deveriam realmente aplicar e não deixar o alunos sozinhos e descobrindo por si só o que fazer, pois a maioria deles não tem noção nenhuma de comandos de um carro…

  5. Bem nem falarei demasiadamente como alguns fazem por ai: mas acompanho alguns alunos que se beneficiaram do uso dos simuladores, aproximadamente 15.000 ( quinze mil alunos do ano de 2014 a 2019), todos estes acima citados foram alunos que eu tive a oportunidade de aplicar tais exercícios:
    O instrutor que aplica aulas nos simuladores, deveriam realmente aplicar e não deixar o alunos sozinhos e descobrindo por si só o que fazer, pois a maioria deles não tem noção nenhuma de comandos de um carro…

  6. Robério disse:

    Simulador de direção veicular é uma máquina de ganhar dinheiro, e não agrega em nada no aprendizado. Acompanhei varias aulas em simulador, é hilario dizer que aquilo ajuda alguma coisa no aprendizado do aluno. Se o instrutor quiser pode fazer o mesmo no veiculo parado, ensinar a colocar marchas, as utilizações dos pedais, uso de luzes, etc… etc…. Nele o aluno não precisa concluir etapas para passar para a próxima, acabou o tempo, não conseguiu? Tranquilo passa pra próxima. Aquela parte que simula a condução do veiculo sob efeito de álcool então, kkkkk Fala sério! Enfim, sou proprietário/instrutor de auto escola e se eu fosse pensar em lucros, pra mim seria ótimo, porque não teria despesas com instrutor, combustível e nem manutenção. E esse não é o meu objetivo com o aluno. Então, que o simulador não seja obrigatório e sim opcional.

  7. Jean Silva disse:

    Considero oportuno a questao de simuladores ser obrigatorio nos CFCs, sem cobrancas de taxas. Muitos alunos condutores ao conhecerem o sistema acabam na primeira aula pratica sabendo que ja estiveram essa experiencia do simulador. Tendo um bom exito na pratica. Att. Jean Silva / Instrutor de transito Brasilia-DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *