Publicado em 20 de maio, 2019 as 15h37.

CFC News destaca: possíveis alterações no CTB, queda na procura pela 1º Habilitação e dúvidas em questões de prova teórica

Por

A jornalista Mariana Czerwonka apresenta o CFC News com as principais notícias da semana.

Multas x pontos

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a falar em alterações no Código de Trânsito Brasileiro, a novidade foi uma proposta de que o condutor seja punido apenas por pontos ou pagando a multa, mas não pelos dois juntos.

Queda no número de habilitações

Em vários estados o índice de procura pela Primeira Habilitação está caindo ano após ano.

Lançamento

Curitiba será palco, nessa semana, do lançamento do livro “A transformação das Autoescolas em Instituições de Ensino: proposta de mudança organizacional para os Centros de Formação de Condutores a partir dos princípios da Análise do Comportamento”, da psicóloga Elaini Karoline Russi.

Questão de prova
Se você acha que tem alguma questão que está caindo em prova que levante dúvidas, ou que tenha algum conceito equivocado, encaminhe aqui para o Portal do Trânsito, que iremos atrás do Detran, do seu estado, para sanar a sua dúvida.

 

3 respostas para “CFC News destaca: possíveis alterações no CTB, queda na procura pela 1º Habilitação e dúvidas em questões de prova teórica”

  1. André Luiz Tavares dos santos disse:

    Tem uma questão de prova teórica do Detran PR, que pede pro aluno quais são as cores do semáforo para pedestres?
    E a resposta: verde, vermelho e vermelho intermitente. Esse vermelho intermitente não é uma cor existente na relação de cores? Acho que o enunciado da questão está equivocado.

  2. Jean disse:

    Atualmente o código de trânsito é um absurdo em relação a carteira provisória para dirigir .
    Imagina que uma pessoa acaba de receber a carteira e um passageiro no banco de trás tira o cinto sem o motorista perceber , parado por um agente de trânsito ele recebe uma multa grave e perde a carteira.
    Tem que recomeçar todo o processo de novo ,sem falar dos altos custos envolvidos .
    É uma legislação séria ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *