Publicado em 26 de setembro, 2018 as 16h58.

Veja quais são as diferenças entre Diretor de Ensino e Diretor Geral no CFC

Por
Diretor geral e de ensino no CFC
Foto: Pixabay.com

Já escrevemos aqui sobre o Instrutor Prático do Centro de Formação de Condutores (CFC) e vamos, agora, tentar explicar um pouco sobre as funções do Diretor de Ensino e o Diretor Geral.

O Diretor de Ensino é aquele que planeja e avalia pedagogicamente as atividades realizadas no CFC. Outras funções que cabem a eles é coordenar as atividades pedagógicas, coordenar a atuação dos instrutores e participar do planejamento estratégico da instituição. É ainda, esse profissional deve interagir com a comunidade e com o setor público, em especial com as instituições ligadas a trânsito. O Diretor deve exercer liderança, e ter grande capacidade de resolver conflitos.

Já o Diretor Geral é responsável por planejar e avaliar as atividades desenvolvidas no CFC, coordenar as atividades administrativas, gerenciando recursos humanos e financeiros, participar do planejamento estratégico e interagir com a comunidade e com o setor público assim como o Diretor de Ensino.

Percebe-se que as atividades pelas quais esses profissionais são responsáveis coincidem em alguns pontos, entretanto, um atua mais na área pedagógica, enquanto o outro tem mais atribuições administrativas. Ambos são essenciais para o bom funcionamento da instituição a que estão vinculados.

A Resolução 358/2010 do CONTRAN é que regulamenta e define as exigências para a formação e atuação destes profissionais nas instituições credenciadas junto aos órgãos de trânsito dos Estados e Distrito Federal. As exigências para a formação destes profissionais é que tenham no mínimo 21 anos, curso superior completo, curso de capacitação específica e no mínimo dois anos de habilitação.

Todas essas exigências na formação destes profissionais têm razão de ser. Eles serão, assim como os Instrutores de Trânsito, responsáveis pela formação e especialização de condutores que, após um curto período, estarão conduzindo veículos nas ruas e avenidas Brasil a fora.

Antes de qualquer coisa, em qualquer profissão, é extremamente importante se dedicar e gostar do que faz. De nada adianta, estar em uma função que não lhe agrada. E no trânsito a preocupação deve ser maior ainda, estamos lidando com vidas humanas. A boa gestão de um CFC dá mais tranquilidade para que os instrutores realizem seu trabalho de forma adequada e isso, certamente trará um impacto positivo em nosso trânsito.

21 respostas para “Veja quais são as diferenças entre Diretor de Ensino e Diretor Geral no CFC”

  1. Ralph Dutra Rocha disse:

    Olá, boa tarde!! Gostaria de saber se posso concluir o curso de Diretor de Ensino e Diretor Geral, tendo apenas a categoria A e B? Demais requisitos já possuo, graças a Deus.

    • Mariana Czerwonka disse:

      Ralph

      A Res.358/10 cita como exigência para o exercício das atividades dos profissionais Diretor Geral e Diretor de Ensino, entre outras coisas, no mínimo dois anos de habilitação, sem exigência de categoria.

      Equipe Portal

  2. camila mariana de souza disse:

    boa tarde,

    precisa ser instrutor para ser diretor geral ou de ensino?

    • Mariana Czerwonka disse:

      Camila

      Sim, para realizar os cursos de Diretor Geral e de Ensino é preciso ter credencial de instrutor de trânsito.

      Equipe Portal

      • Antônio Wagner disse:

        Então a lei se contradiz por que se pra ser Diretor geral e de ensino a lei não especificou a categoria e pra ser diretor geral ou de ensino precisa ser instrutor que obrigatoriamente precisa de categoria D

        • Mariana Czerwonka disse:

          Antônio

          Concordo com você.

          • Karol disse:

            Negativo, a lei diz que vc precisa TER curso de instrutor,a exigência da categoria D é para EXERCER a profissão de instrutor, uma vez que vc possui o curso de instrutor,e tem curso superior NADA impede que vc faça o curso de diretor, até pq o curso de instrutor é base para os demais. Não há contradição legal, aí o que surgiu foi contradição interpretativa.

  3. Lecco Araújo disse:

    Eu gostaria muito de saber se o diretor geral pode trabalhar em mais de uma auto escola!

    • Mariana Czerwonka disse:

      Lecco

      De acordo com o Art.8º da Res.358/10:

      § 9º O Diretor-Geral poderá estar vinculado a no máximo dois CFC, mediante autorização do órgão ou entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal, desde que não haja prejuízo em suas atribuições.

      Equipe Portal

  4. Lecco Araújo disse:

    A lei não se contradiz,o instrutor vai pra rua e os outros dois não,por isso a exigência de no mínimo um ano na categoria D!

  5. Lecco Araújo disse:

    Com relação a ser instrutor,vc não precisa ser necessariamente, porém o curso de instrutor é que te capacita a fazer os outros dois,vc pode perfeitamente fazer o de instrutor e nunca exercer,nesse caso vc não vai precisar ser habilitado na categoria D, parece confuso mas não é,o curso de instrutor é que vai te dar muito mais conhecimento sobre o CTB,sobre as resoluções, sobre os anexos, sobre os capítulos e também sobre as quarenta leis que auxiliam o código de trânsito brasileiro,por isso a exigência de fazê-lo antes dos cursos de diretor geral e diretor de ensino!

  6. Ester disse:

    Diretor de ensino pode dar aula teórica e simulador?

    • Mariana Czerwonka disse:

      Ester

      Aulas téoricas sim, de acordo com a Res.358/10, em casos excepcionais, quando da substituição de instrutores, mediante autorização do órgão ou entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal.

      Equipe Portal

  7. Carla inalda da Silva bandeira disse:

    Gostaria de saber onde vai ser realizado curso de diretor geral na grande Porto Alegre RS.

  8. Robson Medeiros disse:

    O diretor Geral pode assinar certificados teóricos ou práticos na ausência do diretor de ensino?

  9. Ana disse:

    Gostaria de saber se tendo o curso de gestao de transito pode assinar como diretor na cfc? lógico sendo instrutor

  10. Tancredo Madison Canuto Sena disse:

    O Diretor Geral pode substituir o Diretor de Ensino em suas funções?

    • Mariana Czerwonka disse:

      Tancredo

      Vou encaminhar a sua dúvida para o grupo de especialistas. Responderemos na próxima Live de 15/08.

      Obrigada pela participação!

  11. Carlos Augusto disse:

    Diretor de ensino CFC B pode dar aula prática em caso de falta ou férias de instrutor?

    • Mariana Czerwonka disse:

      Carlos

      De acordo com a Res.358/10, são funções do diretor de ensino:

      g) ministrar aulas teóricas, em casos excepcionais, quando da substituição de instrutores, mediante autorização do órgão ou entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal.

      Equipe Portal

Deixe uma resposta para Mariana Czerwonka Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *