Publicado em 24 de maio, 2016 as 08h24.

Estudo revela as cidades com o trânsito mais congestionado do mundo

Um estudo realizado pela empresa holandesa TomTom revelou que quatro cidades latino-americanas estão entre as dez mais congestionadas do mundo

Por Mariana Czerwonka.

Congestionamento Cidade do México
O congestionamento rodoviário aumentou 13% em todo o mundo desde 2008.

A Cidade do México têm o trânsito mais congestionado do planeta, segundo o índice TomTom de tráfego, que mediu o congestionamento em 295 cidades em 38 países em cinco países. Lá, os motoristas demoram 59% mais tempo para ir de um ponto a outro em comparação com uma situação ideal de trafegabilidade. No entanto, esta média sobe para 94% durante os horários de pico.

Ainda de acordo com o estudo, o congestionamento rodoviário aumentou 13% em todo o mundo desde 2008.

Nos dez primeiros lugares no ranking há quatro cidades latino-americanas, três do Brasil (Rio de Janeiro, Salvador e Recife), além de Cidade do México.

No total, o índice incluem dez cidades latino-americanas (nove do Brasil e uma do México), duas da África, 39 da Ásia, 40 da Europa, 77 dos Estados Unidos e do Canadá, e seis da Oceania, todas na Austrália.

O caso mais grave é Bangkok, capital da Tailândia, onde um motorista pode tomar em horários de pico até 114% a mais para ir de um ponto a outro em relação ao que é necessário quando o tráfego está mais tranquilo.

Neste ranking, a cidade com melhores condições de tráfego é Knoxville, no Tennessee, no leste dos Estados Unidos. Lá, um motorista só demanda 22% mais tempo para ir de um destino a outro em horários de pico.

A empresa explicou que produz o estudo, com o objetivo de fornecer informações aos motoristas sobre o congestionamento nas cidades e o impacto sobre os tempos de viagem. Para a TomTom “desta forma as autoridades podem usar o índice para medir o desempenho de sua rede e identificar áreas onde o fluxo de tráfego podem ser melhoradas.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *