Publicado em 01 de fevereiro, 2014 as 10h28.

PL obriga veículo de carga a ter alerta de caçamba solta

Por Mariana Czerwonka.

Caçamba solta no veículoProjeto tramita desde 2013 e não tem previsão de quando será votado. Nesta terça, caminhão com caçamba levantada derrubou passarela no Rio

Um projeto de lei que tramita na Câmara desde maio do ano passado poderia ter ajudado a evitar o acidente desta terça-feira (28) no qual um caminhão com a caçamba levantada derrubou uma passarela na Linha Amarela, zona norte do Rio de Janeiro, deixando quatro mortos e cinco feridos.

A proposta, de autoria do deputado Antônio Bulhões (PRB-SP), acrescenta ao Código de Trânsito artigo que obriga caminhões a instalarem um dispositivo de alarme sonoro para alertar o motorista sempre que a caçamba do veículo estiver levantada. O texto está na Comissão de Viação e Transportes da Câmara e ainda precisa passar por outros colegiados se for aprovado, como a Comissão de Constituição e Justiça.

O deputado afirma, na justificativa do projeto, que o uso de caminhões coletores sem o dispositivo de segurança “tem acarretado considerável número de acidentes de trânsito país afora”. O parlamentar explica que o perigo ocorre quando o condutor aciona o levantamento da caçamba no momento do uso e, depois, esquece de acionar a trava.

“Com a caçamba inadvertidamente levantada, o motorista executa manobra de movimento pela rua, acabando por abalroar ponte, passarela ou quaisquer obstáculos a certa altura que cruzem com o caminho desse caminhão e sua caçamba”, afirma o deputado.  Para ele, o alarme sonoro poderá evitar acidentes.

Acidente no Rio
O acidente no Rio de Janeiro ocorreu entre 9h e 9h30, segundo funcionários da concessionária Lamsa, que administra a via na altura da Pilares, na zona norte da cidade. A reabertura no sentido Barra foi às 16h40 e a via no sentido Cidade Universitária reabriu por volta das 18h30.

Imagens da Lamsa mostram a carreta com a caçamba erguida. O vídeo foi gravado pelas câmeras de segurança da concessionária e flagra o momento do choque do caminhão com a passarela. O veículo derrubou uma passarela e fechou a via expressa em ambos os sentidos na manhã desta terça.

Mortos e feridos
A corporação identificou os mortos no acidente como Adriano Fontes de Oliveira, 26 anos, Célia Maria, 64, Renato Soares, 62 anos, e Alexandre Almeida, que ainda não teve a idade divulgada. Célia e Adriano estavam atravessando a passarela que liga duas comunidades às margens da via expressa, no momento do impacto.

Os feridos são Glaucia Andrade, 56 anos, Jairo Z., 44 anos, Luiz Carlos Guimarães, 60 anos, e Liliane de Souza Rangel, 33 anos, além do motorista da carreta.

Fonte: G1 Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *