Publicado em 31 de dezembro, 2015 as 08h28.

Conheça a maneira correta de transportar cargas em pick-ups

Por Mariana Czerwonka.

Débora Ramos

picape compactaO aumento do número de pick-ups no país mostra como esse modelo é bem aceito pelos motoristas brasileiros. Mas, além de ser um carro que imprime bastante estilo nas ruas, ele pode ser muito funcional para aqueles que precisam transportar cargas. Unindo o baixo consumo de carros menores e a praticidade de grandes veículos, é fácil aproveitar todo o espaço disponível nesse veículo para levar cargas maiores de um lado para o outro.
No entanto, é importante seguir regras, como a Resolução 349 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que especifica o transporte eventual de cargas em automóveis, caminhonetes e outros utilitários, estabelecendo algumas diretrizes, como, por exemplo, a maneira certa de realizar os procedimentos de segurança.
Siga as regras
O primeiro passo é ver se a carga está dentro do limite de peso permitido e suportado pelo veículo. Uma carga muito mais pesada do que o permitido pode render muito mais do que uma penalização, já que pode colocar em risco a segurança do motorista, dos demais veículos ou até mesmo dos pedestres que passam pelo local. O objeto a ser transportado não pode bloquear a visão do condutor, impedindo que ele veja os veículos que estão atrás, sejam carros de passeio, transportes públicos, ambulâncias ou outros carros oficiais.
Para cargas indivisíveis ou bicicletas, é permitido que a carroça esteja aberta – mas apenas enquanto esse transporte está sendo feito. É necessário também se certificar de que os itens estão bastante seguros, evitando possíveis quedas durante a movimentação do veículo. De acordo com o artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro, é uma infração grave transportar animais nas partes externas do veículo.
Proteja a sua carga
Além de garantir a sua segurança durante o transporte, é importante verificar se os objetos transportados estão danificados. Se forem mercadorias, não se esqueça de portar a nota fiscal. O uso de equipamentos adequados, como as capotas marítimas, também é muito importante, pois eles podem proteger a carga contra a chuva e outras condições climáticas.
Fonte: Portal Nacional de Seguros

No tópico: Dicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *