Publicado em 27 de abril, 2015 as 13h57.

Comissão se reunirá com governo em busca de acordo para caminhoneiros

Por Mariana Czerwonka.

Lei dos caminhoneirosCategoria fechou rodovias em cinco estados na sexta-feira (24) reivindicando valor mínimo para o frete; proposta do governo de tabela referencial de custos não foi aceita

Na próxima terça-feira (28), os deputados da comissão externa da Câmara criada para acompanhar as reivindicações dos caminhoneiros pretendem discutir alternativas com o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto, e com o vice-presidente da República, Michel Temer.

O coordenador da comissão externa, deputado Celso Maldaner (PMDB-SC), afirmou que governo e caminhoneiros precisam ter calma para discutir. Segundo ele, as últimas reuniões não foram boas. “Eu sou da teoria que é melhor meia hora de conversa a mais do que 10 minutos de tiroteio. Porque em 10 minutos de tiroteio você faz um estrago irreversível. Então nós temos que ter calma”, ressaltou.

Na última quinta-feira (22), representantes dos caminhoneiros apresentaram ao governo federal a proposta de fazer uma tabela nacional com os preços dos fretes, mas o Executivo considerou impraticável. O ministro Miguel Rossetto disse que o governo apresentou uma proposta de tabela referencial de custos que não foi aceita pelos caminhoneiros.

Para tentar solucionar o impasse, segundo a Agência Brasil, a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) informou que foi publicada uma resolução que institui o procedimento para a elaboração da tabela referencial dos custos de frete.

Com informações da Agência Câmara

No tópico: Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *