Publicado em 30 de julho, 2015 as 09h44.

Pesquisa mostra que jovens temem condutas de outros motoristas

Por Mariana Czerwonka.

Pesquisa com jovensComportamento dos condutores assusta mais que outras causas de medo, como cobras, aranhas e até mesmo a morte

Uma pesquisa realizada pela Ford e pela Penn Schoen Berland, nos Estados Unidos, aponta dados interessantes sobre os temores das novas gerações. Segundo os dados, os consumidores das gerações Y e Z (16 a 34 anos) têm mais medo de motoristas imprudentes e distraídos do que outras coisas que, normalmente, seriam causas de temores, como a morte, falar em público, cobras e aranhas.

Para 88% dos jovens, encontrar condutores que se comportam de forma perigosa é o principal medo. Falar em público aparece em segundo lugar, para 75%, e a morte em terceiro, para 74% dos jovens. Cobras e aranhas atemorizam 59%.

As situações do trânsito mais preocupantes para os motoristas entre 16 e 34 anos incluem: dirigir na estrada (79%), estacionar em vagas apertadas (75%), não detectar os pontos cegos (70%) e dirigir sem saber o caminho (69%).

Segundo a pesquisa, eles apostam na tecnologia para enfrentar esses receios. Para 65%, a intenção de comprar um veículo com tecnologia para ajudar com estacionamento paralelo é maior. Outros 62% querem algo que detecte objetos em pontos cegos.

O levantamento foi realizado nos Estados Unidos entre os dias 29 de abril e 4 de maio de 2015, com mil entrevistados entre 16 e 34 anos.

Com informações da Agência CNT de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *