Publicado em 09 de maio, 2016 as 08h27.

Multa por se recusar a fazer exames que atestem embriaguez será multiplicada por 10

Por Mariana Czerwonka.

Recusa ao bafômetro
A multa aplicada será de R$ 2.934,70.

Quem se recusar a fazer o bafômetro a partir de novembro terá uma surpresa no valor da multa. Com o reajuste dos valores, a multa aplicada será de R$ 2.934,70.

Segundo Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor do Portal, essa medida pode ter algum efeito real, devido ao alto valor. “Eu ainda acredito que de nada adiantará essa alteração se ela não vier acompanhada de uma maior fiscalização. Se o cidadão continuar com essa sensação de impunidade, que existe atualmente devido à falta de fiscalização, o reajuste não impedirá o motorista de beber e dirigir”, diz Mariano.

A medida entrará em vigor a partir de novembro.

No tópico: Legislação

7 respostas para “Multa por se recusar a fazer exames que atestem embriaguez será multiplicada por 10”

  1. Bruno Moraes disse:

    Com a devida venia, a multa para quem se recusa a realizar qualquer dos testes para a verificação da alteração da capacidade psicomotora em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência não custa o mesmo valor de uma infração gravíssima simples. Nos termos do art. 277, § 3 do CTB, quem se recusa a se submeter aos testes acima citados, deve arcar com as mesmas penalidades previstas no art. 265 do CTB. O valor atual da multa por dirigir sob a influência de álcool é de R$ 1.915,40, ou seja gravíssima multiplicada por 10.

    Com o reajuste dos valores, passará a ser R$ 2.934,70 e se esse valor for multiplicado por 10 estaremos diante de um confisco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *