Publicado em 23 de janeiro, 2020 as 08h13.

De cada dez atendimentos por acidente no SUS, oito são motociclistas

A faixa etária mais acometida são os jovens entre 20 e 39 anos

Por Agência de Notícias.

Acidentes com motos
Foto: Agência Brasil.

A cada dez atendimentos por acidente de transporte realizados em hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS), oito são motociclistas. Segundo dados do Ministério a faixa etária mais acometida são os jovens entre 20 e 39 anos. Os números fazem parte da pesquisa VIVA Inquérito 2017, realizada a cada três anos pela pasta.

Em 2018, os acidentes de trânsito causaram 183,4 mil internações que custaram R$ 265 milhões ao SUS. No ano anterior, o número de internações foi 181,2 mil ao custo de R$ 259 milhões, sendo que mais de 50% das internações envolveram motociclistas.

Para reduzir a violência no trânsito, o governo federal lançou a Operação Rodovida 2019. A ação integra órgãos federais, como o Ministério da Saúde, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Ministério da Infraestrutura, em articulação com estados e municípios. A operação incluiu o período de festividades de Natal, Ano-Novo e irá até o Carnaval.

O ministério também desenvolve, desde 2010, uma ação nos pontos com maiores problemas, principalmente no que se refere a mistura de “álcool e direção” e à velocidade excessiva e/ou inadequada.

O Projeto Vida no Trânsito é realizado em parceria com municípios e ressalta a importância da articulação do setor saúde com o trânsito no cumprimento do Código de Trânsito Brasileiro nos componentes da vigilância (informação qualificada, monitoramento das lesões e mortes e fatores de risco), prevenção e cuidado pré-hospitalar, hospitalar e de reabilitação ofertado às vítimas.

As informações são da Agência Brasil

3 respostas para “De cada dez atendimentos por acidente no SUS, oito são motociclistas”

  1. marcos paulo disse:

    os homens representaram 67,1% dos atendimentos nas unidades de saúde e as mulheres, 50,1%. 67.1+50.1=117.2. o calculo de percentual está errado, a somo dos dois valores tem que ser igual a 100%.

  2. Vanésio disse:

    Absurdo! Revoltante! As motocicletas representam apenas 25% da frota nacional e de cada 10 atendimentos por acidente no SUS, 8 são motociclistas. Qual a solução? Ações para reprimir álcool e direção. Nem desenhando as autoridades entendem? Motociclista tem que respeitar as leis de transito e não tratá-los como incapazes e deixar que tornem o as vias locais mais inseguros e estressantes que zonas de guerra. A negligência pública é criminosa ao permitir o descumprimento das normas de trânsito, principalmente a distância de segurança tão exaltada no CNT por parte do motociclistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *