Publicado em 02 de julho, 2019 as 08h17.

PL retira obrigatoriedade do CFC na formação de condutores

Por Mariana Czerwonka.

Aprender a dirigir sem CFC
Conforme o PL, as aulas de aprendizagem de direção veicular poderiam ser ministradas por qualquer condutor habilitado, por no mínimo, três anos na categoria para a qual estiver instruindo. Foto: Arquivo Tecnodata.

Começou a tramitar no Congresso Nacional um Projeto de Lei que promete causar polêmica entre os profissionais que atuam na área de formação de condutores. De acordo com o PL 3781/19, de autoria do deputado General Peternelli (PSL/SP), as aprendizagens teórica e prática, referentes ao processo de habilitação, poderiam ser realizadas pelo candidato de forma autônoma ou em Centro de Formação de Condutores.

O texto do Projeto libera o candidato a treinar sem obrigatoriamente passar por um CFC.

Ainda conforme o PL, as aulas de aprendizagem de direção veicular poderiam ser ministradas por qualquer condutor habilitado, por no mínimo, três anos na categoria para a qual estiver instruindo.

O deputado Peternelli afirma, em sua justificativa, que a sistemática adotada há bastante tempo no Brasil se mostra absolutamente desconexa com as melhores práticas adotadas em nível internacional.

“Na grande maioria dos países, as autoescolas existem, mas a frequência nos cursos por elas ministrados é opcional. O candidato pode realizar toda a sua formação de maneira autônoma e realizar as provas junto ao órgão de trânsito. Se aprovado em todas as etapas, terá o direito de receber a sua habilitação, assim como qualquer outro cidadão que opte por realizar o processo por meio de um centro de formação de condutores”, explica o deputado.

Segundo Peternelli, a medida tem como objetivo reduzir os custos da primeira habilitação. “A obrigatoriedade de frequência às aulas, tanto teóricas quanto práticas, tornou o processo de habilitação extremamente caro no Brasil. Dependendo da quantidade de aulas práticas ministradas, esse custo pode facilmente chegar aos três mil reais, um valor incompatível com os ganhos da grande maioria dos cidadãos brasileiros, principalmente os jovens. Com a aprovação desta proposição, estaremos desburocratizando o processo e facilitando o acesso de milhões de brasileiros à habilitação, os quais não teriam condições financeiras de arcar com o alto custo envolvido em todo o processo”, finaliza.

Lembrando mais uma vez que esse é apenas um Projeto de Lei que está em início de tramitação e foi apresentado a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados no último dia 27/06.

Não há previsão para ser votado e aguarda despacho do Presidente da Câmara dos Deputados.

143 respostas para “PL retira obrigatoriedade do CFC na formação de condutores”

  1. Alan Corrêa disse:

    Quero deixar os meus parabéns para o deputado que teve essa grande iniciativa, há muito tempo que precisávamos deixar de ser reféns da máfia das autoescolas, empresas que só tomam dinheiro do povo e não formam ninguém.
    Sou habilitado há quarenta e três anos sem passar por nenhuma autoescola e nunca tive nenhum envolvimento com acidentes e sem nenhuma multa.

    • Marcio disse:

      Um retrocesso sem falar o número de instrutores que serão demitidos aumentando número de desemprego,habilitação e coisa séria não se pode distribuir pra que quer tem que exigir do profissional que ensina e dos examinadores e depois uma fiscalização contínua

      • Bruno disse:

        Concordo meu amigo, não só isso como também temos que ter essa visão em saber que o instrutores de todo Brasil foram fazer curso para exercer essa profissão e são qualificados em dar aula prática como a teórica, e no final do curso fomos ao Detran fazer a prova final para pegarmos a nossa Credencial. Isso é que o Congresso deveria pensar. Deixar então os instrutores Credenciado pelo Detran dar as aulas práticas de direção para quem quer tirar a CNH e ponto final nisso.

        • Netto disse:

          Os instrutores não vão ficar desempregados…vao continuar dando aula da mesma forma e ainda melhor por conta própria sem precisar serem contratados por um CFC !!!!

          • jonatha nolasco disse:

            Seria melhor ainda se tirassem exigência de carros muito novos,assim seria mais fácil para nós que temos automóvel com mais idade e em perfeitas condições. Ou se ganhassemos descontos na compra de um novo para trabalhar,assim como os cfs tem desconto na compra. Melhor ainda se em vez de “qualquer um habilitado há 3 anos” trocassem o texto para, qualquer instrutor de trânsito.

        • Fabiabo disse:

          Se vc acha q nao eh um bom motorista paga a aula na autoescola . Eh simples . A opçao eh livre . A maioria das auto escolas vc faz o primeiro teste e demonstra q sabe dirigir ele te livram do resto das aulas,famoso geitinho brasileiro

      • wilian alves godoy disse:

        QUEM PODE PAGAR CONTINUARA PAGANDO,QUEM NÃO TEM ALGUÉM PARA LHE ENSINAR CONTINUARA PAGANDO TAMBÉM;MÁS QUEM NÃO PODE QUE SÃO MILHÕES TERÃO SUA CARTEIRA TAMBÉM,E NÃO ANDARÃO A MARGEM DA LEI.

        • MARINO IQUEDA JUNIOR disse:

          Vai facilitar irresponsáveis. Se fosse para facilitar a vida de quem não pode tirar a primeira habilitação, deveria reduzir custos, facilitar pobres e que precisem de uma habilitação. Para mim são projetos de exclusão, pois nessa linha de pensamento é bem a cara de Bolsonaro, ou seja, de exclusão e não inclusão.

          • Luiz Fernando disse:

            Tinha que ser comentário de esquerdista mesmo. Ele tá com medinho da exclusão do instrutor, mas não tá nem aí com a exclusão de muitas pessoas que perdem oportunidade de trabalho por não terem condições de pagar por uma habilitação. É foda ser de esquerda. Tudo acéfalo.

      • Thiago Barroa disse:

        Amigo a habilitação não será dada a qualquer pessoa, simplesmente é opcional, quem quiser gastar e não tiver segurança em dirigir, vai pra auto escola. E não pense que qualquer um vai passar não, pq os testes nos Detran continuam, e só passa quem souber

    • JORGE LUIS CONSMINSKI LUCAS disse:

      Gostaria de lançar um desafio ao amigo Alan Corrêa. Você toparia responder um questionário com algumas perguntas, somente sobre Normas de Circulação e Conduta na via? O que acha?

      • Lucas disse:

        Sou instrutor teórico e quando era obrigatório o curso para motoristas que iriam renovar a cnh eu aplicava testes de regras de preferência, de infrações, placas e a maioria não sabia nem o significado das placas de sinalização, imagina das regras de conduta. Alunos que passam 45 horas sob nossas explicações de todo o código de trânsito na autoescola depois de 1 ano quando vão renovar a permissão já não lembram mais de muita coisa, quero ver quando forem obrigados a só decorar as perguntas do Detran que são idênticas as da prova, se eles serão bons motoristas. Pois pra ser motorista não basta saber dirigir, é preciso saber COMO DIRIGIR. Ainda temos mais um agravante: quanto mais velho é o motorista, mais presunçoso ele fica. O sabichão que nunca foi multado, mas seta que é bom, cinto que é bom, não falar no celular e fumar enquanto dirige que é bom, não jogar lixo do carro pra rua que é bom, não atrapalhar os outros andando no meio da rua que é bom, faz tudo errado! Mentira?

        • Manuel jose c. Rodrigues disse:

          Sou profissional de trânsito, este deputado deve estar maluco, não tem como o cidadão agir sozinho, o detran aumentou o número de aulas teóricas em função da alta reprovação, muitos com desconhecimento total de placas assim como legislação, sem auto escolas será muito dificil o candidato conseguir tirar sua cnh, alem do que será gerado milhares de emprego direto e indireto..hoje as auto escolas lutam pra conseguir se manter, não existe máfia como um cidadão reportou…deixo aqui meu protesto contra contra aqueles q são contra a uma boa auto escola.

          • Manuel jose c. Rodrigues disse:

            Aonde se le gerado milhares de emprego direto e indiretos, quer dizer desemprego de mhares de profissionais…

          • claudio candindo lourenço disse:

            isso que voces estao falando e medo pois nao querem o pogresso niguem vai ser demitido por isso esse progeto ja esta feito no primeiro mundo

          • Thiago Barros disse:

            Se o candidato não conseguir por vezes consecutivas, ele opta pela auto escola, pronto.

          • Marco Antônio Júnior disse:

            Meu amigo, não é ser contra a auto escola ,sim contra uma grande extorsão que os estados praticam,e usam a a. Escola para executa lá…. não isentam e em subsidiam em nada….o escravidão o brasileiro em todos os sentidos…e cobram nos exames fatores que nada tem a ver com a realidade de um condutor….

          • Ivete disse:

            Tem máfia sim cambalacho fui reprovada pq o fiscal segurou o freio até o carro morre disse q n tinha TD o tempo pim esperar fez de TD p mim reprovar e outros que pagaram o quebra passaram

          • Ivete disse:

            Tem cambalacho sim mas autos escolas quebras se não pagar n passa

        • JesusSantos disse:

          Oo lucas (que não é o da Bíblia), acho que vc não entendeu! O candidato a primeira habilitação, independente onde ele praticou, se numa auto escola, CFC, ou com um profissional (habilitado a pelo menos 03 anos), como exigirá a nova lei, ele (o candidato), irá passar pelos mesmos testes prático e teórico do Detran!! E não quem o instruiu!

        • Lucas disse:

          O problema todo foi ter aceitado a obrigatoriedade inicialmente, assim a demanda do mercado cresceu exageradamente por conta de uma medida autoritária como essa. Quando o bom senso é tomado de volta acaba prejudicando várias pessoas que entraram nesse mercado de auto-escolas. No Canadá não há tal obrigatoriedade e não é essa que regula a irresponsabilidade de condutores. Apoio a medida e lamento que algum vão ser prejudicados mais uma vez pela ganância do Estado.

      • Andrei disse:

        Como tem gente ignorante que acha que saber as normas de circulação e conduta na via vão mudar alguma coisa, isso a gente decora no CFC só pra passar na prova e depois esquece quase tudo, o que estraga o trânsito é a imprudência dos condutores. Como disse o Alan Corrêa tá certo, não existe necessidade de fazer aulas práticas em CFC, pagar um monte de dinheiro se todos poderiam simplesmente aprender com alguém habilitado e ser aprovado na prova.

        • JesusSantos disse:

          É isso aí Andrei, tenho a mesma opinião; acontece isso na realidade! Da mesma forma como pode continuar acontecendo, se o candidato foi treinado por um particular habilitado!, Mas acredito que o percentual de aprovação no Detran (mesmo que aumente as exigências), será maior!

    • Everton disse:

      Meu amigo para com essa hipocrisia
      Duvido que não tenha uma multa
      Sou instrutor a 15 anos e já formei muitos motoristas de vdd
      Vc quer dizer máfia? Pode até ter
      Mas então desburocratize o sistema,que o governo leva dinheiro até dizer chega!
      Larga de ser hipocrita
      Esse é o país que mais mata no trânsito e vc vem com esse discurso?

    • Diogo disse:

      “Máfia de autoescolas?”… O Bom mesmo é se deixássemos de sermos reféns da máfia que é a política brasileira. Aí sim eu dou valor…

    • Rosa disse:

      No Brasil o pobre não consegue obter sua carteira de motorista e nem mesmo dar as seus filhos. No meu tempo aprendi a dirigir na praça e com 3 aulas de auto escola já passei no ferram. Em mais de 30 anos nunca bati ou causei acidentes de trânsito.

      • Diogo disse:

        É… mas, tem muito pobre por aí que compra celulares caros e as vezes até iphone. Tudo é uma questão de planejamento. O trânsito hoje está muito diferente do que há 30 ou 40 anos atrás.

        • Luiz Fernando disse:

          Realmente. A tecnologia dos veículos em relação a segurança aumentou muito, é uma pena que a sanidade mental dos motoristas diminuiu dramaticamente.

    • Antônio Carlos Soares Ottoni disse:

      Infelizmente esse General, ao meu ponto de vista não tem o que fazer, deveria se preocupar com a EDUCAÇÃO, SAUDE, SEGURANÇA e mais coisas que não preciso citar., Meus amigos já está difícil educar e ensinar pessoas que farão parte do trânsito imagina esse Deputado querendo inventar regras será que ele mesmo as conhece … Vamos nos preocupar sim com os novos consultores porque hoje nem os próprios pais estão ensinando antes porque são incompetentes no volante , fumando usando celular não sinalizam e são agressivos. Deixa quem sabe e quem gastou pra se preparar dar aulas os CENTROS DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES E NECESSÁRIO SIM, por favor Sr. Deputado procure colocar mais regras e não tirar abraços a todos…

      • claudio candindo lourenço disse:

        eu acho que as escolas publica poderao dar aulas teoricas para os alunos darei prossedementos as carteiras de abilitaçao ja que o processo vai ser facilitado para o cidadao comum a parte pratica podera ser feita com conhecido ou na propria auto escola como o aluno preferi

    • Jeovan Silva disse:

      Eu apoio seu comentário, e estou de acordo, pois é exatamente isso que vem acontecendo, as autoescolas só pensam em lucrar e não em formar bons condutores.

      • Xxxc disse:

        Quando seus familiares começarem morrer no trânsito por total incompetência sem saber o que fazer atrás de um volante daí sim as pessoas vão dar valor a vida é uma só , não é só aprender com uma pessoa que direje a tempo pois o trânsito muda muito aumento de frota de veículos entre tantos fatores, Brasil e foda mesmo vai baixar imposto que terá um reflexo bem maior em nossas vidas será sentido no dia á dia simplesmente o governo vai matar muitas pessoas.

        • Sônia Maria Soares Gonçalves de Sousa disse:

          Atualmente tem muita gente analfabeta dirigindo, sem carta, bêbado, usuário de drogas, matando indiscriminadamente, tem que apertar mais e não facilitar, para dirigir tem que no mínimo saber ler e escrever, não pode beber e nem usar drogas,isso que esse General tem que ver sem falar no número de desemprego que isso vai acarretar para somar com os trinta milhões de desempregados

      • Adelson disse:

        Os CFCs só ensinam a passar na prova do detran e não a dirigir.
        Dirigir se aprede com o tempo de experiência.

    • rogerio disse:

      cara vc n tem noção do que ate hj passam os instrutores de verdade para ensinar alguem q nunca dirigiu na vida, n fale merda sendo q n entende nada de transito

      • Manuel jose c. Rodrigues disse:

        Lendo todos os comentarios muitos são hipócritas, essas pessoas que nunca cursaram uma auto-escola não imagina o que nós profissionais passamos, muitos vezes correndo risco de vida, na maioria das escolas, hj miitas fechando as portas, sem condição de segurar os encargos e as que permanecem lutando pra se manter de pé, coloquem na cabeca, autonomia só no INSS.

        • Reginaldo Pinheiro disse:

          Completando o que coloquei.
          Na aquela epoca a muitos anos a atrás era desse jeito poderiamos escoler tirar nosso carro ou pela CFC.

    • Reginaldo Pinheiro disse:

      Eu tirei minha carteira no carro proprio e exame teorico pela revistinha de trânsito comprado na banca. Passei de primeira. Aprendi tudo com meu pai. Dirijo muito mais que varios motorista de auto escola. Nunca envolvi em acidente de carro e a vida toda viajei dentro deste pais dirigindo nas grandes cidades. E na epoca ja existia autoescola, mas optei a tirar desta firma que nao tinha condições de pagar. E as auto escolas já tinha seus instrutores.
      O problema que as autoescolas estão sobrefaturando nos custos pra tirar a carteira. Inpedindo muitos de tirar. Sem falar que muisto que sao reprovados para no meio do caminho por que não tem condições de continuar a pagando estes valores abusivos.
      Chega Brasil.
      Parabens a todos quer der apoio a este projeto. Merece nossos votos.

      • Rafael Moraes disse:

        Reginaldo, penso da mesma maneira pois também tirei minha carteira de forma autônoma com apenas duas aulas e uma no exame, também nunca bati e em 25 anos de habilitação. Hoje sou instrutor e vejo que todo esforço apenas resulta no favorecimento das auto escolas que pouco dão valor ao instrutor, quando muito das veze trabalha das 7h da manha as 22 e 30, sem descanso nem para ir ao banheiro, engolindo as refeiçoes e saindo correndo para a próxima aula. Quantas vezes fiquei sem receber nos dias de exame, e tem que ficar quieto porque senão perde o emprego (e alguns colegas aqui falam de hipocrezia). Esta lei sim vai valorizar o instrutor pois ele terá a oportunidade de montar seu próprio negocio e fazendo valer sua experiencia e consciência no transito. alias já faço isto aqui em minha cidade Treinando e Capacitando quem já tirou a CNH e muitas vezes com pessoas que nem parece que já passaram um dia pelo CFC. Um abraço e que venha esta lei de liberdade ao povo de boa consciência.

    • Leandro disse:

      Eu lanço um desafio, todos que disseram que dirigem a décadas e não tiveram nenhuma multa, deixem o número da CNH que eu vou olhar os prontuarios.

    • Tiago disse:

      O trânsito no Brasil mata mais do que uma uma guerra civil… são quase 40 mil mortos todos os anos somente por falta de educação do povo brasileiro para com o trânsito, educação esta que deveria ser ensinada desde de a pré-escola, conforme previsto em legislação, porém, hoje suprida apenas depois dos 18 anos em um CFC…
      Ao longo de mais de 20 anos nós instrutores de CFCs lutamos por um trânsito melhor, mais seguro, educado e consciente.
      Esse projeto é uma vergonha pra Brasil…
      A mafia que arrecada todo o dinheiro são os próprios governos estaduais, é só olhar o portal da transparência… os CFCs não ficam com o dinheiro do contribuinte são obrigados a repassar para a administração pública.

    • Dr harley disse:

      Boa tarde caro senhor es um homem de sorte com certeza também não deve ter perdido nenhum familiar ou conhecido querido ate mesmo um amigo no transito ou melhor todas as pessoas a sua volta devem desfrutar desta sua habilidade e sorte no transito quem sabe quando perder que ama ou conhece deve mudar de opinião porem espero eu que não passe por esta experiencia olhe em sua volta e vê como e o transito no brasil ao menos que more no interior aonde ainda as pessoas andam de carroça ou quem sabe num sitio ou algum lugar parecido não seja ingenuo muito menos ignorante em falar em mafia das auto escolas pela sua idade deve ter um minimo de estudo ou sabedoria bem acho que não tem por escrever o que acabei ler porem passar bem e que jamais passe por um acidente nem você e muito menos algum ende querido já imaginou ficar vegetando melhor morrer nao e ?

    • Netto disse:

      Pessoal tá achando que eles vão distribuir CNH pra todo mundo kkk tem muita gente que passa na prova teórica só decorando as normas e regras!!! E pra falar a verdade aula prática te ensina só a passar na prova…. porque ensinar a dirigir de verdade msm nao ensina… e outra coisa a carteira provisória já serve e pra isso msm : PRA VC MOSTRA DURANTE 1 ANO SE VC REALMENTE ESTA PRONTO … E PEGAR A DEFINITIVA QUE MOSTRA QUE ELE REALMENTE APRENDEU . Aqui na minha cidade CNH AeB já está praticamente 4 mil reais …

    • Marco Antônio Júnior disse:

      Meu amigo,sou profissional da área a mais de 24 anos,o brasileiro é refém não é das auto escolas, é dos governos…que delegam poderes,e mesmo dirigindo os que querem e dirigem bem não são aprovados…as a escolas são vítimas dos governos que são reféns de um sistema podre,pra tratar de aumentar a receita avarenta dos estados….

    • Luiz Menezes disse:

      Esse Deputado deve tá de brincadeira. Sr. Deputado pense bem antes de colocar para frente esse PL, o Sr pode está ajudando a tornar nosso trânsito mais caótico do que já é.

  2. Magda Souza disse:

    Verdadeiro retrocesso em tudo que foi construído ao longo dos anos desde a reformulação do CTB de 97.
    Como deixar um motorista comum e que muitas vezes esta com sua CNH recheada de pontuação, ensinar um aprendiz a conduzir um veículo automotor.
    Com todo este processo de ensino aprendizagem feito pelos CFC,o Brasil e um dos pais no ranque de acidentes e mortes no trânsito.
    Sem falar que 80 a 90 %dos condutores com três anos de habilitação são condutores contumaz em infrações de trânsito e muitos deles estão sob processo de suspensão da CNH estão.
    Vem o presidente da republica com o projeto para aumentar limite de pontuação para os condutores na alegação que desta forma iram conseguir aplicar o processo de suspensão dentro do limite de prazo estabelecido por lei.
    Aí vem este deputado e quer que motoristas com três anos de habilitação recém saíndo da permissão e estando a somente dois anos com a CNH definitiva,treinei outro suporto candidato a habilitação de forma autônoma.
    E um retrocesso sem questionar outros ponto.
    Estão todos perdidos em Brasília,mas espero que consigam se achar e fazer projetos que realmente resolva a redução de mortes no trânsito.
    E sinceramente Senhor deputado,espero que o senhor volte atrás neste seu projeto que retrocede toda educação e qualificação aplicada ao novo condutor,E olhe mais para a educação de uma forma geral.
    Inclusive educação para o trânsito.

  3. Magda Souza disse:

    Verdadeiro retrocesso em tudo que foi construído ao longo dos anos desde a reformulação do CTB de 97.
    Como deixar um motorista comum e que muitas vezes esta com sua CNH recheada de pontuação, ensinar um aprendiz a conduzir um veículo automotor.
    Com todo este processo de ensino aprendizagem feito pelos CFC,o Brasil e um dos pais no ranque de acidentes e mortes no trânsito.
    Sem falar que 80 a 90 %dos condutores com três anos de habilitação são condutores contumaz em infrações de trânsito e muitos deles estão sob processo de suspensão da CNH.
    Vem o presidente da republica com o projeto para aumentar limite de pontuação para os condutores na alegação que desta forma iram conseguir aplicar o processo de suspensão dentro do limite de prazo estabelecido por lei.
    Aí vem este deputado e quer que motoristas com três anos de habilitação recém saíndo da permissão e estando a somente dois anos com a CNH definitiva,treinei outro suporto candidato a habilitação de forma autônoma.
    E um retrocesso sem questionar outros ponto.
    Estão todos perdidos em Brasília,mas espero que consigam se achar e fazer projetos que realmente resolva a redução de mortes no trânsito.
    E sinceramente Senhor deputado,espero que o senhor volte atrás neste seu projeto que retrocede toda educação e qualificação aplicada ao novo condutor,E olhe mais para a educação de uma forma geral.
    Inclusive educação para o trânsito.

  4. susana disse:

    em nome de jesus isso não será aprovado

  5. Sergio N Watanabe disse:

    Acho importante a desburocratização em todos os setores de governo para tudo se tornar mais clara e eficiente com redução de custos e o fim do jeitinho brasileiro. Em nosso setor isso não pode ficar de fora mas algumas mudanças podem ser exageradas como o aumento de pontuação e o fim dos exames toxicológicos para motoristas profissionais. Em nosso setor vejo como positivo a redução das aulas noturnas pois é melhor que o aprendizado seja eficiente em melhores condições como o dia para que o aluno absorva o máximo de habilidade para que quando em sua aula noturna tenha condições de se verificar a dificuldade desta condição adversa com mais segurança. Em relação ao simulador, o Brasil é o único país do mundo com esta exigência e após a sua introdução não houve melhoria mas vejo que se for corrigido erros didáticos e também haver melhoria no equipamento trazendo o mais próximo ao veículo e as aulas serem colocadas ao final das aulas práticas somente para simular situações adversas, creio ter muita eficiência sim mas não seria necessário 5 ou 8 aulas para isso. Para que haja redução no custo para a primeira habilitação, não vejo as atuais mudanças conseguir reduzir 1 centavos se quer pois acaba a obrigação do simulador mas aumenta 3 aulas práticas sendo estas mais caras que as do simulador deixando o mesmo valor cobrado atualmente pelas auto escolas. Se o governo quer realmente reduzir custos para a população, ela deve introduzir mais uma categoria, a de veículos automáticos com a obrigação reduzida de aulas em comparação as de veículos mecânicos deixando todas as outras obrigações intactas. Creio que em veículo automático o governo possa colocar somente 5 aulas obrigatórias em auto escolas e o resto do treinamento ser autorizado por pessoas com mais de 5 anos de CNH para se ter uma melhor eficácia tanto para a prova como para o dia a dia. Essa é a minha opiniao. Um grande abraço.

  6. Valeria disse:

    Esse deputado só pode ser surtado, ele falou bem OUTROS PAÍSES…. não o Brasil. O brasileiro não tem educação nem se formando pela auto escola imagina formando a si próprio. A educação em outros países é diferente, aprendem sobre trânsito nas escolas. Não quero nem estar aqui nesse país quando o índice de acidentes de trânsito aumentar e começarem a se matar no trânsito, até porque isso já acontece, só vai piorar ainda mais… Brasil está mesmo indo de mal a pior…

  7. Rosangela Saito disse:

    O Governo infelizmente quer comparar a formação Brasileira com a formação de um país de primeiro mundo!
    O governo enfatiza drasticamente que obter um documento nacionalmente válido é CARO! Um documento que vai abrir um leque de oportunidades de emprego para aquele que *diz não ter dinheiro* para investir em um documento, mas tem dinheiro necessário para trocar de aparelho celular a cada lançamento!
    O governo no momento de suas decisões só está pensando em desburocratizar e baixar o valor, DESVALORIZANDO e DESMERECENDO todo o árduo trabalho de quem está no mercado justamente tentando *EDUCAR* aquele que infelizmente já nasceu sem a educação!
    Infelizmente, estamos à mercê de quem não entende nada do negócio! E acha que, jogar nas redes sociais essa tal desburocratização e *DIMINUIÇÃO* de custos, fazendo com que um habilitado a 3 anos possa assumir a responsabilidade de * ENSINAR PACIENTEMENTE* aquele (a) que nunca sentou no banco de um condutor irá melhorar alguma coisa em nosso país! Para dar aula não precisa ser apenas HABILITADO Sr Deputado. Precisa ser paciente! Precisa gostar do que faz! E infelizmente, um habilitado a 3 anos é apenas um habilitado!
    Se o Sr tiver filhos prestes a *CONQUISTAR* a cnh, o que o Sr iria preferir para ela?? Um profissional capacitado, que vá ensinar com amor e dedicação? Ou um habilitado a 3 anos que está ali somente para ganhar dinheiro! Afinal, ele não é formado para tal. É apenas um habilitado. Que estava livre no app.
    Pense bem Sr. deputado! O Brasil está cheio de coisas erradas, que precisam ser revistas! Vcs estão perdendo tempo em algo que, sinceramente, poderia apenas melhorar, e não revoltar toda uma categoria que, trabalha para manter viva a educação no trânsito brasileira! Digo isso em nome dos que não vêem seu negócio apenas como *COMERCIO*. Mas sim como uma mudança, algo que pude enxergar morando 12 anos em um País de primeiro mundo!

  8. É ridículo isso ,como um condutor seria capaz de dirigir uma “carreta” ,sem ajuda de um profissional qualificado? ,com tantas mortes no trânsito levando em consideração todo o processo que o candidato passa,a fim de diminuir as mortes no trânsito, é essa forma que o governo acredita que irá melhoras nosso trânsito?.
    Seria bem mais fácil acabar com as escolas primárias então!! ,qualquer pai ou responsável tbm seria capaz de educar seus filhos qual a diferença? ,levando em consideração que pelo fato ,ou falta de instrução o aprendiz não seria capaz de matar ninguém,já no trânsito sabemos que a situação é bem diferente .

    • Netto disse:

      Categorias profissionais continuaram feitas em CFC amigo… somente primeira via que entrará nessa norma … Tá escrito no texto apresentado logo acima

  9. Rosemary disse:

    Concordo com a desburocratização, mas também com redução nos impostos para que os “CFCs” possam cobrar menos pelos serviços, que aliás na minha cidade uma 1ª habilitação dentro do mínimo exigido fica metade do valor citado pelo autor do PL mas se paga tão caro para manter um CFC funcionando! Deveria sim investigar esquemas fraudulentos envolvendo inúmeras pessoas e se valorizar entidades e os bons profissionais formadores de condutores e cidadãos mais responsáveis! Deveria se pensar nos empresários que tanto investiram e nos que fazem um trabalho sério! Como ficarão? Quantos desempregados mais? São instrutores, diretores, auxiliares administrativos…!
    Pra mim, somente isso é um retrocesso!

  10. Edna disse:

    Ensinar DIRIGIR, realmente qualquer pessoa habilitada pode. Agora ensinar CONDUZIR da forma correta, para não colocar a vida do próprio motorista e dos demais condutores em risco. São palavras parecidas, porém, com significados diferentes. E para isso, apenas pessoas capacitadas para tal, conseguem ministrar as mesmas. Pois, antes de pensarem em fazer um Projeto de Lei, tentando mudar a lei existente, precisam primeiro ser conhecedor do assunto. E, questionar, fazer pesquisas, e não pelo simples fato de ter opinião contrária, já encaminhar Projeto de Lei. A pergunta é: Como as pessoas em sua maioria dirigem?. As mesmas conduzem da forma correta?, a ponto de não colocar em risco a vida dos demais cidadãos? Seja pedestre, seja condutores, que se encontram em qualquer situação de via, rodovia, estradas…enfim.
    A minha opinião não está baseada em simulador, mas na atual realidade em que se encontra nosso cotidiano. Num país, onde vemos cada dia mais, certos absurdos sendo liberados como lei, sem ao menos entender a gravidade dos mesmos, é assustador. Concordo que algumas leis são necessárias mudanças. Porém, não as que favorecem a imprudência. Ex: Aumento de pontuação, serão utilizados por quem? Cidadãos Imprudentes.
    Ao meu ver a pontuação de 20 pontos, já é alta, pois quem faz uso consciente, não necessita usar.
    E quanto a diminuir custos, concordo. Mas para isso o primeira coisa que necessita ser mudada é a cobrança das taxas absurda que o próprio governo cobra, para o cidadão dar início em uma habilitação. Pois, é perceptível, pensam em reduzir custos, mas de uma minoria classe trabalhadora que presta esse tipo de serviço, onde realmente os custos são maiores devido realmente ser utilizado, combustível, veículo e colaboradores, sem contar os altíssimos impostos pagos. Agora, diminuir as taxas elevadas que o governo cobra. Essas, a cada ano mal inicia-se o mesmo, é lá estão os reajustes das mesmas. Imprimir alguns documentos custar mais que 50% de 20 aulas realmente ministradas para formar motoristas concientes? Onde realmente está o custo elevado?

  11. Guerra disse:

    OLHA SOU INSTRUTOR DE TRÂNSITO E VOU SER SINCERO O CFC A AJUDA MUITO MAIS SE É PRA TIRAR EU SOU A FAVOR HOJE EM DIA A TURMA LEVA TUDO NA BRINCADEIRA OS ALUNOS SÓ DORMEN NAS AULAS E QUANDO VC FALA DE TRÂNSITO ELES DÃO RISADA DA CARA DA GENTE TIRA O CFC A E DIFICULTE O MÁXIMO O CFC B E EXAMES PRATICOS E TEM QUE MEXER NO CTB ALGUMAS CÓDIGOS DE TRÂNSITO TE QUE SER SUSPENSÃO DIRETA SEM PONTUAÇÃO !!!!! DIFICULTE O MÁXIMO E AUMENTEM A FISCALIZAÇÃO QUERO VER SE NÃO ENGRENA ESSA BAGUNÇA O PROBLEMA NAO ESTA NA GESTAO E SIM QUEM PROCURA FACILIDADES NA ÁREA !!!

    • Karen disse:

      Nas minhas aulas ninguém dorme não tenho um índice de aprovação excelente não concordo com essa lei pois serei só mais uma desempregada me qualifiquei estudei me esforço e agora qualquer um pode administrar aula acho isso um absurdo

  12. Antonio Esteves disse:

    Se for verdade vai gerar muito desemprego no país já q existe muito instrutor formado legalmente.

  13. Potyguar passeri disse:

    O projeto que prevê a desburocratização e boa , mas colocar qualquer pessoa sem nenhuma capacidade e preparo de ensinamento eu vjo como um crime de trânsito. Deveria ter um projeto onde os instrumentos fossem prestadores de serviço direto ao Dtran pois ja somos cadastrados e temos todas as condições para tal ai sim seria justo esse projeto de lei

  14. Hélio Albuquerque da Silva disse:

    Apenas uma frase de Oscar Wilde “AQUELES QUE NÃO FAZEM NADA ESTÃO SEMPRE DISPOSTO A CRITICAR OS QUE FAZEM ALGO”.

  15. Pry Balderramas disse:

    Retrocesso…Nesse momento, esse projeto é um absurdo total.

    Tem muita diferença entre uma pessoa ja habilitada e uma em aprendizagem…!

    Esse projeto quer tirar o “aprender” das mãos do instrutor e deixar nas mãos de uma pessoa qualquer, com isso, a função, instrutor vai cair e muito no conceito da sociedade, e em um futuro não muito distante, ser extinta.
    Já não somos valorizados como deveríamos hoje, imagina se esse projeto passar a vigorar…!
    Pessoa que não tem noção, aprendendo com um “sabe tudo” no trânsito, vai dar merda…Vai acabar se tornando mais um “ASNO” no trânsito.
    Brasil possue um dos trânsitos mais mortais do mundo…!
    Governo deveria investir em conscientização para um transito melhor, valorizar quem se faz nele, projetos, campanhas, reconhecimento…Ao invés disso, querem investir em caos.
    Acha que copiando métodos de países mais desenvolvidos que o Brasil vai conseguir contribuir para um trânsito mais seguro?!
    E sobre a década para redução de acidentes no trânsito?! A meta do Brasil que é pra 2022 não chegou nem na metade, isso porque era pra ser em 10 anos, falta apenas 2 anos pra atingir…🤔 essa redução, termo assinado e nada feito, 10 anos hein 🙄 e agora vem com essa?!
    Não consegue manter um acordo com prazo definido o que dirá desse absurdo, como será a fiscalização em cima desse povo.
    Vidas sendo ceifadas por pessoas que não conseguem seguir uma simples regra de que se for beber, não dirija.
    Trânsito formado por pessoas (algumas) que acham que passar no sinal vermelho é questão de ser mais esperto que o outro que parou, e reclama se chega uma multa por essa infração em casa…🤷
    Pessoas (algumas) que pra cortar o caminho, fazem conversões proibidas e perigosas nas vias, pois o importante é chegar cedo.😡
    Pessoas (algumas) que aceleram pra passar em faixa de pedestres pois é complicado parar pra deixar uma senhora, um senhor, uma mãe com seu filho, uma grávida passar, pois vai atrasar 🤦

    Então, antes de qualquer projeto, desse tipo, antes de querer copiar algo vindo de países mais desenvolvidos, mais evoluídos, é preciso tornar a Educação para o trânsito obrigatória na base, nas escolas. Acompanhar as crianças do pré até o ensino médio ou até mesmo ensino superior, ano após ano, e somente depois desse acompanhamento, colocar em pauta qualquer tipo de mudança no trânsito. Mas isso não é tão importante assim, não é viável, governo brasileiro não nos querem seres pensantes…!

  16. Giovani Fiorese disse:

    Muito interessante o comentário do colega Sérgio, e concordo com ele em praticamente tudo, porém não sei se o ensino ” caseiro ” funcionaria no nosso país, apesar da redução do número de mortes anual, ainda vejo o país engatinhando em termos de educação para o trânsito, acredito então mais na situação da oferta de instrutores autônomos, que possam ensinar com mais qualificação e profissionalismo, preparando melhor o condutor, sem os chamados ” vícios ” ao volante. E como você colega Sérgio, acredito que precisamos trabalhar para um trânsito melhor e de qualidade, por isso é indispensável e extremamente necessário ter trânsito como grade curricular nas escolas desde os primeiros anos.

  17. Diogo disse:

    Sou a favor da desburocratização sim. Alguns pontos que poderiam melhorar por exemplo é a validade do exame teórico. Esse penso que deveria valer 5 anos. Pq que qdo o candidato reinicia o processo tem que fazer o exame teórico novamente? A lei muda de um ano pra outro por acaso? Agora este projeto é andar pra trás, pq o fato de um condutor comum poder exercer este papel é muito estranho e até difícil de entender como funcionaria pq com certeza ele pensou na possibilidade do vovô poder ensinar a vovó, ensinar o neto, ensinar o filho e etc. Mas precisa ver que estamos no Brasil, e tá cheio de picareta por aí que vai oferecer pra fazer este serviço e com certeza vai cobrar da mesma forma ( pq ninguém em sã consciência vai fazer isso de graça), ou seja, o cidadão irá ter gastos do mesmo jeito e sem garantia nenhuma. Consequentemente vai ter enrolação, golpes etc… Muitos cidadãos com certeza irão arrumar pra cabeça com isso. Vou parando por aqui… Esse é só um dos problemas que vejo, mas com certeza são muitos.

  18. Everton disse:

    Pelo amor de Deus !!
    Projeto mais idiota que esse tá pra sair ainda.
    Pq esse cara não pega os números e pesquisas relacionadas ao trânsito para depois falar uma asneira dessa!
    Hj sou instrutor de trânsito
    Aprendi a dirigir com parentes e só virei bom motorista depois da autoescola ( tive a sorte de encontrar ótimos profissionais)
    Desbocratizar eu concordo, mas comecem tirando taxas e valores absurdos cobrados pelo próprio detran, tirem tbm os péssimos profissionais e cfc ruins do mercado ,através de melhor fiscalização .
    Em Portugal país de primeiro mundo ainda é obrigatório autoescola,onde o aluno aprende em rodovia situações adversas mesmo,lá tbm ele é obrigado a dirigir dois tipos de carro ( manual e automático) custo para habilitação B próximo dos 250 euros
    E outra
    O Brasil nosso padrão é carro (manual) diferente dos EUA que o padrão é automático desde a década de 50 e onde a educação de trânsito passa nas escolas e onde a lei de trânsito e realmente respeitada.
    Quero que já que qq cidadão comum pode ensinar ,então ele mesmo tente ensinar alguém com carro manual e sem comando duplo ( tenta meu amigo e depois fala comigo )

  19. Will disse:

    Primeiro transforme o Brasil em país de primeiro mundo depois abaixe os impostos, 90% dos veículos no exterior são automáticos, se trazer se trazer uma pessoa de outro país e dar um carro manual pra ele andar tenho certeza que não consegue sair do lugar kkkk

  20. Ligeirinho disse:

    O que aparece de propostas pelo deputados que não fazem nada neste país que está a um passo para crise da Venezuela, hoje tem aprox. 14 milhões de cidadãos que precisam de empregos, isso eles não fazem para para melhorar. Bem feito as pessoas que votam nesse país. Merecemos essa M…. que não resolvem nada.

  21. Milene caldas disse:

    Sou instrutora do ramo, e concordo com a desburocratização, começando pela lei que impõe números de aulas práticas e teóricas aos candidatos, pois realmente temos alunos que de alguma forma aprendeu a dirigir ou que seja um processo para reabilitação já chega na Autoescola para conseguir a habilitação e precisa do educador de trânsito para fazer uma condução mais segura e é a lei que encarece o serviço obrigando passar por um processo cansativo tanto para o aluno, quanto para o instrutor e ainda sobrecarrega os CFCs com aulas registrando biometria ( que foi a pior coisa que já inventaram para o processo, aff ).
    Não concordo que as autoescolas percam sua autonomia, até porque a educação no trânsito que deveria ter nas escolas desde a infância, não tem, e é o que aplicamos em sala nas aulas teóricas.
    E sem contar que emprego já está em falta, e mais um ramo que vai ficar desolado.

  22. Daniel disse:

    É obvio que além da regra básica de ter mínimo de 3 anos de habilitação, poderia se acrescentar pontuação mínima do instrutor autônomo de condução de veículo.
    Ninguém no seu juízo racional há de concordar com os valores absurdos de custo para tirar a habilitação no Brasil em total contramão do âmbito internacional e conveniamos que já estamos em 2019 ! Precisamos modernizar as pra´ticas comerciais no país e de forma urgente porque já está mais que plasmado que continuamos evoluindo muito lentamente …quase sempre atrás de países até 5 vezes menores que o Brasil.
    Eliticismos e oligarquias comerciais não alavancam o país ..a não ser pra baixo!
    Além de tudo isto..em outros países que nem CFC existem oficialmente, o índice de acidentes de trânsito é ínfimo se comparado ao nosso, então …não há fundamento em depender de CFCs para “educar” aos candidatos no trânsito , me parece que a maior premissa neste quesito deveria ser: “Amo ao seu próximo..e respeite-o no trânsito” …que sabe seja suficiente pra evitar muitos e muitos acidentes e faltas graves cometidas por pessoas indiferentes e egocêntricas detrás do volante.

  23. Luiz Santos disse:

    Seria bom esse projeto se acabarem as propinas nos detrans para a aprovacao nos exames e nao colocarem pessoas nao preparadas para ensinar e instrutores formados e credenciados pelos detrans pq a maioria dos cfcs nao visam educação ou qualidades no serviço e sim somente lucros e pagam mal seus instrutores

  24. Jessica disse:

    Que seja aprovado🙏

  25. Michel disse:

    Passando por processo de aprendizagem, por educadores formados, mortos, feridos, e CNH suspensas tem estatística alarmante, imagino qual é a tendência caso essa pl passe

  26. Wagner disse:

    Sou instrutor de trânsito e uma coisa eu digo, auto escola não ensina ninguém a dirigir, um exemplo hoje são as moto pistas para tirar CNH categoria A, as aulas são ministradas em um ambiente fechado, apenas de primeira marcha, sem trânsito e sem pedestre, nos carros e demais categorias não fica muito longe disso, dirigir se aprende na prática, auto escola apenas te prepara para um exame prático, mais nada, e o projeto não quer dizer que o candidato vai fazer tudo por conta dele não, ele apenas vai fazer as aulas de outra forma e terá que ser aprovado pelo órgão de trânsito competente da sua cidade! Aprovadíssimo…

  27. Eriton disse:

    Parabéns Deputado pela iniciativa. Percebo que os novos condutores são muito ruins, mesmo passando por um CFC, que só tiram dinheiro das pessoas com essa cobrança exorbitante. Os CFC são que nem buzina de avião, não servem pra nada, pois os bocós assistem a um Velozes e furiosos e pensam que são os ases do volante e esquecem que na vida real não tem dublê. Fiz minha habilitação há mais de 20 anos e sou melhor condutor do que a maioria dos que passaram por um CFC, até mesmo com simulador. Tem de acabar com essa palhaçada mesmo, é só comparar o número de óbitos antes dos CFC e depois, claro que levando em conta a proporção de veículos de cada época.

  28. Odair disse:

    Então abaixem o custo da para tirar a CNH, é um absurdo de caro

  29. elane martins disse:

    Se o governo quisesse realmente reduzir o numero de acidentes bastaria limitar os velocimetros a 110km,reabrir as ferrovias
    Para desafogar as rodovias….

  30. WANDERLEY GASPARIN disse:

    Não existe possibilidade de retrocedermos para antes do no CTB. Como um motorista dará uma formação adequada a outros se ele mesmo não tem uma formação ideal. Quanto a valores, paga-se bem mais num celular por exemplo e que em pouco tempo está obsoleto. Esse nobre deputado é um inconsequente e sensacionalista.

  31. Esses políticos que não entendem nada de trânsito querem colocar nas ruas manobristas e não motoristas 🤬.
    O que se vê por ai são maltoristas,pessoas que não entendem nada de regras gerais de circulação, nada de sinalização, nada de direção defensiva, pessoas desqualificada para o trânsito. Tinham sim era que fazer uma reciclagem quando fossem renovar a sua CHN.
    Pessoas que apoiam esse projeto são pessoas que não sabem nada de trânsito, são enganados pela sua própria falta de conhecimento.
    Abraço a todos.

  32. WAGNER RIPPE disse:

    Boa Noite a todos

    Estou com dó deste deputado~que não tem a minima noção do que é o trânsito.
    Sou instrutor de trânsito a mais de 15 anos vejo muito bem dentro da Sala de aulas Alunos que não tem a miníma condição de Dirigir a falha começa Nos Exames Médícos E Psicológicos que não Avaliam nada basta apenas o candidato pagar e serão aprovados.
    Na Sala de Aula do CFC não se comunicam não interagem com outros alunos, cade a interação que deverá acontecer no trânsito no dia a dia ( Aburdo) como foram aprovados?
    Outro ponto muitos Alunos não Sabem NEM LER ABSURDO !!!!!!!
    Passam nos exames pois deve ter um acordo já feito KKKKKK
    Agora jogar no LIXO mais de 10 anos da Estrutura do CFC é uma MEDIDA ABSURDA., pois cada instrutor investe se preparar com cursos tem gasto de DINHEIRO envolvido no CURSO os DETRANS nos cobram a reciclagem dos CURSOS mais DINHEIRO que sai doi bolso DOS INSTRUTORES que realmente estudam e se preparam para passar informações sobre o trânsito voçês pesam que é facil aguentar 18 hrs /aulas falando sobre LEIS DE trânsito ., A MAIORIA DOS ALNOS NÃO SABEM NEM O QUE QUER DIZER CTB.,se este PL passar no SENADO OU CONGRESSO podemos DECRETAR O FIM DO TRÂNSITO NO BRASIl ., pois o que vai acontecer vai AUMENTAR O NUMERO DE ACIDENTES., outro fator O BRASIL ASSINOU o PROGRAMA DA ONU DE DECADA, DA DE REDUÇÃO DE ACIDENTES,ALIAS NÃO ATINGIU O OBJETIVO.
    OUTRO PONTO:
    QUANTAS EMPRESAS VÃO FECHAR AS PORTAS QUANTAS PESSOAS COM LARGA EXPERIÊNCIA EM TRANSITO E PAIS DE FAMÍLIA FICARAM DESEMPREGADOS ALGUNS INCLUSIVE COM IDADE MAIS AVANÇADAS QUEM VAI DAR EMPREGO PARA ESTAS PESSOAS???????.

    SE ESTE PROJETO FOR APROVADO ACREDITO QUE A CORRUPÇÃO ESTARÁ BEM A VONTADE.

    ALIAS NÃO PRECISA DE MAIS NADA OK BASTA O FUTURO CONDUTOR SE DIRIGIR Á UM SUPERMERCADO E ESCOLHER A CNH QUE QUISER NAS CATEGORIAS A/B/C/D/E
    PARA TERMINAR ESTE NÃO É UM PAIS serío POIS QUANDO OS CFC(s) FORAM CRIADOS A IDEIA ERA PREPARAR OS FUTUROS CONDUTORES PARA CONHECEREM AS LEIS DE TRÂNSITO E PRINCIPALMENTE ORIENTA-LOS A EVITAR ACIDENTES

    POR MIM JÁ PASSARAM MAIS DE 10.000 NO CFC

    ESTE PROJETO DE LEI NÃO DEVERÁ PASSAR NO CONGRESSO E SENADO

    • Camila disse:

      Concordo Wagner. Sou diretora de ensino em um cfc, e fico la o dia todo cuidando dos instrutores e das aulas dos alunos. Prezando para que sejam realizadas com excelência.

  33. Washington Horacio dos Santos Junior disse:

    Esses deputados não tem ideias de melhoria para a população. Está óbvio que é um sem noção. O porquê de colocar em projeto de lei professores de auto escola nos colégios públicos, isso iria reduzir o custo de uma auto escola e até podendo se estender às particulares, entrando as auto escolas apenas nas aulas práticas, aí sim seria muito interessante para população, temos de buscar melhorias ao setor e não acabar pensando em disburocratizar, isto é uma mentira, tendo em vista que tudo que estes deputados colocam em projeto são para beneficios próprios. Desburocratizar setores da educação no trânsito, séria apenas levar para escolas a teoria e deixar a prática nas autos escolas, com profissionais treinados, capacitados e com veículos adaptados para os mesmos, seria uma redução bem significativa para todos. O
    O problema de nosso país é pegar normas e regulamentos de países de primeiro mundo ou de outros com educação e respeito ao próximo, implantando aqui e não buscando adaptações e melhorias na mesma para o tipo de educação de nossos cidadãos e trânsito tornando o cais que vivemos em nossos dia a dia, existindo cidades aqui quase que intransitáveis.
    O que devem fazer é buscar meios de agradar condutores educados no trânsito, trasendo a campanha gentileza gera gentileza não só entre os motoristas mas com o governo também, já que são divulgados milhões gastos na área de saúde vamos diminuir os gastos gerando bônus e gratificações para motoristas que não levaram multas no ano, não se envolveu em nenhum tipo de acidente, que foram flagrados gentil nas vias e etc.
    Um abraço a todos.

  34. Paulo leite disse:

    Fica a dica para os novos ou veteranos que dirigem veículos, sejam leves ou pesados,eu quando começei a aprender a dirigir,o meu pai falou que a duas coisas que aprendemos a cada dia.sempre estaremos no eterno aprendizado seja nas ruas ou estradas.deveremos sempre respeitar as leis de trânsito,ter a consciência que a cada esquina ou curva poderíamos nos separa com situações que requer uma decisão de seguros, é por isso que a cada pessoa que nós ensinou é muito importante nas vidas dos motoristas,e um conselho que dou pra todos,e quanto as mudanças que estão para acontecer, são de grande valia,mas tem que haver mudanças sim .lembro que um dia eu estava em um posto de gasolina na BR 101 com meu pai, escutando as conversas dos mais velhos,foi quando um deles olhou pra mim e disse,meu garoto vou lhe dá um conselho.as estradas são muito perigosas sempre fique atento as situações adversas pois quando vc si acha o bom ela ti mata ou quando ela é boa ti colocar em cima da cama o cadeia de rodas.

  35. George James disse:

    Apenas uma pergunta: será que o ilustre deputado aceitaria passar por uma cirurgia realizada por alguém que não fosse cirurgião??? Gostaria de ter um dente extraído por alguém que não fosse dentista??? Temos, realmente, que aprimorar o processo de formação e realizar uma cobrança pesada e intensa aos CFC’s com relação a resultados. Seria uma boa ideia relacionar os motoristas causadores de acidentes aos Centros que os formaram… De qualquer forma, o processo de formação, como existe atualmente, é muito próximo de nada… como está, se for extinto, não vai fazer grande diferença…

  36. Cláudia Filier disse:

    Um absurdo…pessoas despreparadas ensinando quem não sabe nada..igual ao Sr. Deputado…retroceder…isso é o Brasil.voltar pra trás…coloque alguém despreparado pra ser seu motorista particular…

  37. Josimar Rodrgues disse:

    nossos governantes querem acabar com a “indústria ” da multa, e fazer a indústria da morte, como tentar aplicar leis de países de primeiro mundo, em um país de terceiro mundo, com educação de quinto mundo????

  38. Leandro disse:

    Estão reclamando do valor da CNH, como vão comprar o carro? Quem vai ensinar o condutor a obtenção da categoria E? Eu não conheço ninguém que tenha uma carreta e esteja disposto a ensinar alguém e outra, quero ver passar na prova tendo aprendido a “dirigir” com qualquer um esse país é um piada.

  39. rogerio disse:

    gostei de algumas comparações q meus colegas lucidos fizeram, será que realmente alguns de vcs que querem que esse absurdo seja aprovado gostaria de estar com seu filho ou sua familia viajando em uma rodovia onde vc nem se quer imagina q os condutores estao realmente preparados pra qualquer eventual, mudança tanto em condições climaticas, como qualquer q seja o problema q apareça, simplesmente pra q todos e qualquer um tenha o direito de fazer como queira sua habilitação nas ´´coxas´´?//// deputado vc esta malukoooo só pode ser

  40. Nalva disse:

    Eu acho ótimo os instrutores ter oportunidade de trabalhar sem vínculo com os CFC. Hoje é muita concorrência para disputar uma vaga de trabalho em auto escola, cada um cuidando do seu próprio aluno, o aluno é mais bem treinado, porque a responsabilidade é do instrutor,e não da auto escola.

  41. Ligeirinho disse:

    Se o candidato for tirar a CNH direto, vai precisar treinar a direção pratica na rua, nesse caso vai poder, certo não errado, o Sr. Deputado está totalmente fora da realidade.
    O que precisa é um projeto que caia os custos e esse faça fiscalização, porque senão vai ser um caos de acidentes e mortes no transito.

  42. Lucas Bavaresco disse:

    Sugiro deixar a partir de agora todos os médicos e infermeiros sem formação, melhor, aprender por conta e depois ir fazer uma prova! Todos nós seríamos atendidos por esses futuros médicos! Infelizmente vidas não vale mais nada! Triste esse projeto de lei!

  43. MARIA DO ROSARIO ALVES GODINHO disse:

    Boa noite. adorei este projeto. Já está passando da hora de alguém fazer alguma coisa para mudar esta situação. Imaginem uma pessoa tentando habilitação para moto por exemplo. Nas aulas práticas, não podem rodar nas ruas porque é perigoso, a não ser quem já sabe pilotar. Tem que treinar em lugares específicos, longe do tränsito. Nos dias que antecedem o exame, o aluno dificilmente consegue treinar na maldita motopista, pois o número de alunos é tão alto que acaba congestionando o espaço. Você paga duas aulas e consegue dar duas voltas. O índice de reprovação é tão alto que chega até desanimar. Os poucos que passam é por sorte ou já sabiam pilotar antes da autoescola. Então fica a pergunta. Nesse caso, o aluno aprendeu na autoescola?

  44. Camila disse:

    Eu acho engraçado, se o cidadão não tem dinheiro para pagar um curso para obter um documento sério, como ira ter um veículo e mantê-lo? Eu vou ficar super preocupada com minhas filhas andando na calçada. Pois imagine esses péssimos motoristas que não sabem fazer nem rampa, ensinando alguém que não tem noção alguma. É o fim dis tempos mesmo.

    • Inácio disse:

      😂😂😂😂😂
      Eu fico só observando. Esses comentários me divertem. Minha cara, em que mundo vc vive? Tem certeza que é no planeta terra ou no fantastico o mundo de bob?
      Esses são argumentos de ignorantes. Pêlo amor de Deus.

  45. Bem o que posso dizer e avaliar,é o seguinte:Candidatos que enxergam o processo de formação de condutores desnecessário,e muito caro atualmente.Outro ponto;O que uma pessoa busca em primeiro lugar? Se habilitar-se ou adquirir o Veiculo?.Quem pode adquirir um veiculo hoje? Pessoa física ou Jurídica?Acredito que deveria haver uma discussão a respeito do tema,Hoje basta ser de maior de dezoito anos e ter dinheiro.Então como estimular ou vincular a necessidade de uma Habilitação.Já que o acesso ao veiculo não depende disso?.Temos que rever toda uma sistemática que envolve á todos :Condutores,fabricantes,orgãos de transito e governos.Já vi o aviso: quando for dirigir use Capacete.; mas ainda não vi,só compre um veiculo se for habilitado!!!

  46. Aldo disse:

    Sou habilitado…Quantos se dizem habilitados e fizeram ou fazem merda.!! Discussão sem sentido.!!

  47. arancibio da silva disse:

    podia esse General fazer tambem um projeto de lei que pra ser General nao precisa mais frequentar a academia das agulhas negra e que qualquer general desse aula para formaçao de quem quiser ser um comandante no exercito fosse assim habilitado pensa nisso general ai deixo de ser instrutor e vou ser general do execito

    • Inácio disse:

      Que bela comparação essa hein?! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼
      Isso é o que dar. As pessoas param no tempo. Se conformam com a vida que leva ficando estagnado. Aí ver um PL desse que irá favorecer o próximo, mas o pensamento é no próprio umbigo. Conselho … procure outra área ou então faça ajustes nos seus gastos meu patrão, pq esse PL vai passar.

  48. Roberto dos Reis Guterres disse:

    Parabéns ao deputado pela autoria do projeto. ….
    E que seja aprovado logo.

  49. Sônia Maria Soares Gonçalves de Sousa disse:

    Sou totalmente contra, atualmente com auto escola já tem milhares de analfabetos pessoas que não conseguem ler uma placa dirigindo, alcoólatras, usuários de drogas, o que tem que ser feito é apertar mais se tornar mais difícil e não facilitar. Matam no trânsito indiscriminadamente. Sem falar no número de desemprego que iria aumentar.

  50. Anderson disse:

    Senhores que são contra, só lembrando que inferior entre de onde fizerem os seus treinamentos (teóricos e práticos), o candidato à habilitação, terá que fazer as mesmas provas que hoje fazem no Detran, e só depois, caso passem, terão o direito à dirigir habilitado. E em segundo lugar, quem quiser continuar fazendo auto escola poderá, não será proibido

  51. Julio Cesar disse:

    Excelente projeto.
    Bela iniciatica, nao precisei de auto escola pra ter minha habilitação. Nunca me envolvi em um acidente de transito, hoje o alto custo, acima de R$ 3.000,00 ( três mil reais) inviabiliza que pessoas de baixa renda, tirem a Carteira de Motorista, mesmo assim dirigem sem Habilitação. O projeto nao proíbe de fazerem auto escola, fica opcional, pode fazer sim, mas de acordo com as condições financeiras de cada um, e a necessidade do aprimoramento.

  52. Silvio disse:

    Enquanto os cfcs não tiverem um mínimo de concorrência, não se interessarão realmente em formar condutores, existe uma falta de interesse por parte dos instrutores, já que de qualquer forma irão receber, formando ou não os condutores. Aliás, é bem mais rentoso NÃO FORMAR, já que os mesmos serão OBRIGADOS a voltar e desembolsar mais dinheiro.

  53. Vinícius disse:

    Nos EUA funciona dessa forma! O condutor aprende autonomamente ou com a ajuda de algum profissional de instrução! Faz-se o exame teórico na parte da manhã, se aprovado na parte da tarde já faz o exame de rua com o examinador com veículo próprio e quase que sempre carros automáticos! Sendo aprovado no exame de rua já sai de la com a carteira pronta na mesma hora! E o melhor de tudo! U$ 50,00!!!
    Se fosse assim como os vários instrutores estão falando aqui nos comentários lá nos EUA o trânsito era pra ser um caos!
    Podem ficar tranquilos porque os únicos prejudicados nessa história serão as CFC’s os Instrutores habilitados poderão cobrar aulas particulares muito mais em conta das cobradas pelas CFC’s que sem pre terão pessoas que irão necessitar de seus serviços! (Eu sou dono de uma Lan House com toda essa mudança tecnológica estou aqui aguentando firme, não tenho do que reclamar!)

  54. Inácio disse:

    A grande maioria que falaram aqui são ligados duma forma ou de outra a uma cfc. A verdade é que estes que estao falando asneiras contra o pl pouco estão ligando para a efetiva formação dos condutores. Estão, na verdade, vendo a possibilidade factível dos bolsos secarem. O projeto é bem claro, não vai acabar com os cfc’s, mas sim torná-la opcional. Sejamos menos hipócritas e menos demagogos, pois todos nós sabemos que cfc não forma coisa alguma. Quem ensina de verdade é o trânsito em seu dia-a-dia. Tenho minha CNH há 15 anos. Muitas coisas aprendi falando no trânsito, coisa que o cfc não ensinou. Olhe que frequentei a pioneira aqui do meu estado.
    Então acabem com esses discursos moralistas de falsa preocupação. Hoje obtemos um curso de nível superior por conta própria sendo que conheço muitos profissionais altamente competentes que atuam na área de formação. Aí quer dizer que o cara não irá aprender de forma independente. Ahhh vao derramar @#$%& no pinico

  55. André mota disse:

    Com essa cultura pobre que o Brasileiro tem no trânsito de achar que o bonzao que sabe dirigir sempre mais que o outro não respeitando normalmente nem a sua própria vida como pode vir um cidadão político com essa ideia , porque no Brasil a educação no trânsito deveria ser como portugues e matemática desde os primeiros anos de vida escolar eu nunca vi nenhum político apresentar um tipo de projeto desse na Câmara dos deputados infelismente nossa cultura quanto ao trânsito somos muito abaixo da média voce imagina quem não sabe nem pra ele mesmo ensinando isso é retrocesso total!!!!

  56. Rejane disse:

    Uma falta de respeito, para com nós instrutor que fizemos um curso juntamente com o Detran, nós preparamos muito, já querem fazer isso eu tenho uma sugestão, pra fazem um concurso para instrutores só assim teremos uma mão de obra mas qualificados em prestar um trabalho juntamente com o Detran,

  57. Paola disse:

    Máfia das auto escolas? porque ninguém esta falando máfia do governo? Porque as taxas que se paga é do governo e não das auto escolas, as auto escolas ganham dinheiro com as aulas teorias e as de rua o resto são taxas do Detran! Já que o governo pretende reduzir os custos de primeira habilitação, porque ele nao deixa de cobrar as taxas ou cobra uma taxa menor? porque não isenta as auto escolas de taxa de renovação de alvara anual, para de cobrar certificado de cada aluno que conclui a pratica veicular? Todo mundo chama de ladrao mas ninguem tem conhecimento dos custos, do que tem por tras, do que o governo cobra!

  58. Antonio da luz Brito da Silva disse:

    Senhor deputado Pertenelli, pra fazermos um teste do seu projeto, eu te desafio a fazer uma prova de direção veicular usando os conhecimentos de trânsito que possui, dessa forma com o resultado da sua prova, podemos ver se esse seu projeto tem condições de seguir adiante.

  59. edna azevedo disse:

    O que o deputado General Peternelli deveria é conhecer o que determina o CTB desde 1998.
    E exigir que se cumpra o que está no código de trânsito de 1998 no capitulo VI, Art. 76. Assim após muitos anos de serem implantados o que determinado o CTB, ou seja pessoas preparadas para o transito ao longo de sua vida de estudante, ai sim poderiam pensar em acabar com as autoescolas.
    E lembrando que 33% ou mais são taxas cobradas pelo governo ( nisso ninguém fala)

    CTB de 1998 – Capítulo VI – DA EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO
    Art. 76
    A educação para o trânsito será promovida na pré-escola e nas escolas de 1º, 2º e 3º graus, por meio de planejamento e ações coordenadas entre os órgãos e entidades do Sistema Nacional de Trânsito e de Educação, da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, nas respectivas áreas de atuação.

    Parágrafo único. Para a finalidade prevista neste artigo, o Ministério da Educação e do Desporto, mediante proposta do CONTRAN e do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, diretamente ou mediante convênio, promoverá:

    I – a adoção, em todos os níveis de ensino, de um currículo interdisciplinar com conteúdo programático sobre segurança de trânsito;

    II – a adoção de conteúdos relativos à educação para o trânsito nas escolas de formação para o magistério e o treinamento de professores e multiplicadores;

    III – a criação de corpos técnicos interprofissionais para levantamento e análise de dados estatísticos relativos ao trânsito;

    IV – a elaboração de planos de redução de acidentes de trânsito junto aos núcleos interdisciplinares universitários de trânsito, com vistas à integração universidades-sociedade na área de trânsito.

  60. Moises Tigrão de Camargo disse:

    1º Tudo tem Taxas.
    2ºo governo não perdoa nada sem pagar.Os carros são comprados com uma merreca de desconto ilusório o que todo mundo tem.e tem que ser transformado (adaptado ) p/tal.
    Impostos um absurdo não temos desconto IPVA,DPVAT Vistorias Inmetro,e Detran todas pagas, nada de graça a CNH poderia ser bem mais baratas sim,instrutor paga muito para ser instrutor Diretor cada um tem seu custo perante o Detran ou não se trabalha,Seguros as companhias não fazem pq é auto risco e se faz é o olho da cara ,Poderia ser mais barato sim,Simulador eu concordo Deputado,que muitos ainda estão pagando a friagem do Simulado.
    Abaixe as taxas e o preço cai e não vai ter desemprego.. e teremos um transito seguro.
    O Deputado sabe o Custo de uma CNH ? pode ser mai barato sim mais procura saber.

  61. Roberto disse:

    Acho muito bom a proposta ,sendo os próprio instrutores que já dão aulas nas auto escola vai trabalhar pra eles mesmo ,concordo com todos vcs mas Sou instrutor é dou aula pra quem acabou de sair da auto escola e realmente não sabem nada acho que vai ser bom O aluno escolher com ele acha que vai aprender melhor

  62. Ricardo disse:

    O Projeto de Lei está corretíssimo, os CFC da vida só preparam o candidato para passar na prova e não ensinam a dirigir. A prática os motoristas adquirem com tempo. Tem sim que acabar com essa máfia dos CFC.

  63. Clécio disse:

    As pessoas falam do custo da primeira habilitação, mas ninguém fala em abaixar as taxas que o governo cobra, aqui no Rio de janeiro tem auto escola cobrando menos de mil reais no processo completo e o Duda só aumenta e o exame médico tb. Parem de hipocrisia, num país com milhares de mortos no trânsito, o mínimo que tínhamos que fazer é aumentar o número de aulas dadas por profissionais e não por qualquer um. Pergunto a quem concorda com a pl, se um filho seu morrer atropelado por alguém que está aprendendo a dirigir de qualquer jeito, o autor vai ressuscitar a criança ?

  64. Daniel Areias disse:

    Concordo pois Tem que haver concorrência como foi com os CELULARES que custavam 10.000,00 e hoje com 400,00 reais se compra um de Última geração , Este PL já deveria ser LEI e acabar com esta máfia de Auto escola

  65. luiz cláudio disse:

    Graças a DEUS alguem pensou nisto , sou instrutor de transito desde 1982 e concordo com o deputado.Estamos debaixo de jugo e nao aguentamos mais imposiçao.Quando comecei a trabalhar como instrutor de transito nao tinha esta obrigaçao, e as auto escola andavam cheias;depois chegou a burocracia e biometria para tirar a nossa paz.Pelo amor de DEUS aprovem isto hoje.

  66. Gileno barbosa fernandes disse:

    Só neste Brasil de corruptos e cartéis que existe obricatoriedade de auto escola em 20 anos de código de transito resolveu o que tem que simplificar ser facultativo auto escola é máfia entre detrans e cfc

  67. Daniel Areias disse:

    Este PL 3781/19 Vai ajudar 90% dos Candidatos que querem tirar a CNH, minha mulher está em uma auto escola, só que eles fazem de tudo para o aluno ser reprovado e comprar aulas extras visto que o aluno só tem 30 minutos de prática isso porque conta 10 minutos que o professos leva o carro até o local que o aluno vai treinar e mais 10 minutos que o professor leva o carro até a auto estola e não o aluno, o professor liga o Radio do Carro e fica no bate papo com outras pessoas no celular tudo para prejudicar o aluno e o aluno ter que comprar mais aulas extras. O foco é que o aluno não aprenda e assim a Auto escola se beneficiar. É cruel, as autoridades devem saber disso.

  68. JOSIVAN RODRIGUES LIMA disse:

    Tenho uma dúvida o curso cfc que são as aulas nao será mais obrigatório?

    • Mariana Czerwonka disse:

      Josivan

      Existe um Projeto de Lei nesse sentido, mas não tem prazo para ser votada, portanto não está em vigor. A regra atual prevê a obrigatoriedade do aluno passar por um CFC.

      Equipe Portal

  69. Lucia canelas disse:

    Acho que o grande problema está nos “esquemas” pois quando existe vem desde dos médicos até a o exame final! Acho que seria viável a população ter o direito de treinar ou ter auxílio extra às aulas pré existentes em uma auto escola …Mas deixar a caráter pessoal escolher como aprender nos dias atuais com tantas fendas e burlas administrativas só iria prejudicar e criar mais acidentes …sabe o que seria ótimo?! Que não somente o motorista mas tb os médicos que atestaram o motorista como qualificado responderem juricamente sobre um acidente fatal.

  70. Malk disse:

    Acho uma negligência do Governo pensar desta forma, pois vejo o resultado dos bilhões que estão no FUNSET serem aplicados em nada. Hoje no Brasil são em média 40.000 mortos no transito sem contar os sequelados. A pouca educação para o trânsito que os brasileiros recebem, é proveniente dos CFCs, como disse, a pouca. Se tirarem a obrigatoriedade do processo de habilitação pelos os CFCs, o que será do nosso trânsito? Acho que deveriam fiscalizar melhor é a avaliação feita pelos examinadores de prática veicular, desse jeito sim, iriamos ver a verdadeira máfia. Usar de forma eficaz o FUNSET para que tenhamos uma melhora na educação para o trânsito, aumentar o efetivo da fiscalização para com que todos os condutores sigam o CTB a finco. Educação, a responsável pelo comportamento dos condutores e futuros condutores. Então Petterneli, quer regredir para os anos 70. Parabéns!

  71. Marcio disse:

    Que merd… Essa?
    Analfabetos ensinando a dirigir?
    Que que esse povo tem na cabeça?
    Nos estado unidos, a habilitação custa em média, $70 dólar,
    Basta diminuir o valor da habilitação minha gente. Falta de raciocínio de quem estudou pra BURRO

  72. Antonio disse:

    Se o Brasil você exemplo eu até concordaria pois mesmo os CFC s tentando fazer uma boa formação os condutores batem recordes em infrações e acidente . Este deputado equivocado o que encarece a habilitação e taxas e exames os doc só cobram as aulas dadas

  73. Andre disse:

    Tem primeiro tira as taxas
    Paguei
    145.00. De duda
    300.00 toxologico
    212.00 clínica
    Isso é um absurdo só para renovar
    Quem ta roubando é o governo

  74. Roseli Gonçalves de Saibro disse:

    O Deputado criador da PL não entende que o que deve ser feito é a redução das taxas para adquirir a CNH, as aulas são essenciais, mesmo hoje com auto escola o índice de acidentes são altíssimos imagina quando não for mais obrigatório. A galera anda nas ruas sem dar pisca, coisa básica, agora imagina o jovem que quer a carteira, faz aula com o pai dele que é um barbeiro no trânsito,cheio de pontos na carteira, chega na prova reprova 300 vezes porque o que não será obrigatório é as aulas, mas para ter a CNH você precisa dirigir dentro das normas do órgão competente.
    Estou achando que o governo quer reduzir a população com os acidentes de trânsito, primeiro decidiram que o uso de cadeirinha para as crianças não é mais obrigatório, agora vão retirar a obrigatoriedade das auto escolas.

  75. Luana Cristina disse:

    Na verdade sou a favor de ter só aulas teóricas e práticas para quem quiser fazer.
    Muitos estão entendendo errado, as aulas teóricas vão continuar, só as práticas que são a critério do aluno fazer ou não na auto escola.
    Muitas pessoas travam com desconhecidos e não aprendem o que o instrutor ensina.
    Com uma pessoa de confiança e que a pessoa se sinta bem, garanto que o desempenho será melhor.
    Quem está querendo tirar a carteira , que tem que ter responsabilidade e saber o que é bom para ela.
    Se ela optar por não fazer as aulas com o instrutor da auto escola porque não?
    Cada um sabe o que lhe convém, o que precisa é conscientizar as pessoas do perigo no trânsito e não burocratizar.

  76. VANDERLEI PINHEIRO DANTAS disse:

    Sou instrutor de trânsito a 18 anos até concordo mas não Concordo outra pessoa lá fora dar aula.nos somos preparado pelo detran temos que fazer prova reciclagem de cinco em cinco anos.concordo sim instrutores com carro com comando p dar aulas para as pessoas que na sabe dirigir
    O Brasil não tem a educação que tem outros países .

  77. Jhonatas Rodrigues disse:

    Os que estão comentando contra é por que são de auto escola e tem medo de ficar sem emprego, o problema é de vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *