Publicado em 13 de março, 2019 as 17h01.

Denúncia: obstrução de cruzamento é situação corriqueira em via de Belo Horizonte

Por Mariana Czerwonka.

Obstrução de cruzamento
Foto: Encaminhada por internauta.

A cena é comum. Motoristas parados obstruindo cruzamentos. A infração é recorrente nos horários de maior movimento das vias de grandes cidades. Na pressa de aproveitar um semáforo aberto ou uma passagem de cruzamento, muitos motoristas param no meio das “Caixas Amarelas”, ou “Marcação de área de conflito”, como designa o Código de Trânsito Brasileiro e atrapalham ainda mais a fluidez do trânsito.

Situação como essa foi denunciada ao Portal do Trânsito. De acordo com relato de internauta, “no cruzamento da Av. Uruguai com a Rua Grão Mogol existe um sinal para quem está subindo a Grão Mogol e deseja virar à direita na Uruguai. A faixa destinada a estas pessoas fica sempre muito congestionada e em horários de pico gera um trânsito muito grande. Isto porque os carros que vêm da Uruguai em direção a Senhora do Carmo avançam o sinal e fecham o cruzamento, desta forma nunca há espaço para quem está parado no sinal da Grão Mogol virar à direita”, afirmou o cidadão.

Além de prejudicar a fluidez do trânsito, os motoristas que não respeitam esta regra estão cometendo uma infração média, com multa de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário da CNH.

O internauta sugeriu ao órgão de trânsito responsável pela via que haja mais fiscalização no local.

“Acredito que um guarda ou um radar de avanço de sinal, iria ajudar bastante, pois se os motoristas respeitassem as regras de trânsito, acredito que o congestionamento seria mínimo”, finaliza.

O Portal do Trânsito entrou em contato com a BHTRANS, empresa de transportes e trânsito de Belo Horizonte, responsável pela fiscalização no local, que solicitou a colaboração dos motoristas e pedestres. “A BHTRANS agradece a sugestão e esclarece que o volume de veículos na Rua Uruguai em direção à Avenida Nossa Senhora do Carmo, sobretudo nos horários de pico, é grande e, por vezes, a fila de veículos pode chegar até o cruzamento com a Rua Grão Mogol. O importante é que o motorista não feche o cruzamento, o que pode prejudicar muito a fluidez e a segurança de pedestres e motoristas no trecho”, diz o órgão em nota.

Ainda de acordo com a BHTRANS, a solução é complexa.

“Para esvaziar o trânsito na Rua Uruguai seria necessário dar mais tempo para que os carros acessem a Avenida Nossa Senhora do Carmo. Entretanto, para dar mais tempo para Rua Uruguai é necessário tirar da Avenida Nossa Senhora do Carmo, que possuem um tráfego ainda mais intenso. O que BHTRANS busca é encontrar uma solução que seja boa e segura para ambas as vias, mas para isso conta com a colaboração dos motoristas e pedestres, seja não fechando os cruzamentos ou atravessando fora das faixas de pedestres”.

O órgão relata ainda que agentes irão até o local. “Agentes da BHTRANS irão monitorar o local e verificar a necessidade de ajustes nos tempos semafóricos na região”, finaliza a nota.

Está insatisfeito com o trânsito de sua cidade? Então envie sua denúncia. O Portal irá junto com você buscar a resposta.

3 respostas para “Denúncia: obstrução de cruzamento é situação corriqueira em via de Belo Horizonte”

  1. Reginaldo casseano de oliveira disse:

    ão abastecer meu veiculo no posto beira rio na rua nossa senhora do carmo, posto beira rio da rede phoenix notei que o veiculo perdeu totalmente a potencia vindo acender a luz do tanque de gasolina ão verificar desconfiei que a gasolina deste posto poderia estar adulterada o que antes de eu abastecer o veiculo não tinha apresentado nenhuma mudança ,desde pesso que tome as devidas providencias junto a esse posto de conbustveis na

  2. Reginaldo casseano de oliveira disse:

    aguardo resposta urgente

  3. tenho as notas do abastecimento no posto beira rio como provas ,irei a delegacia registrar um bo ,no proximo dia 04/o8

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *