Publicado em 19 de julho, 2014 as 15h45.

Cerca de 45% não entregam a carteira de habilitação no PR

Por Mariana Czerwonka.

Entrega de CNHDe janeiro a maio deste ano, 53,7 mil motoristas atingiram mais de 20 pontos na carteira e só 29 mil fizeram a reciclagem

De janeiro a maio de 2014, foram expedidas 53.750 notificações de suspensões da carteira de habilitação no Paraná. Deste total, pouco mais de 29 mil pessoas entregaram a habilitação, como prevê a lei. Ou seja, cerca de 45% não entregam a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e podem estar dirigindo irregularmente.

“Se for pega dirigindo com a CNH suspensa, a pessoa é autuada, tem a carteira cassada por dois anos e deve se submeter à reabilitação, refazendo os exames práticos e teóricos de direção. Além disso, responderá judicialmente por crime de trânsito, com pena de detenção de seis meses a um ano”, lembra o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR), Marcos Traad.

A suspensão do direito de dirigir é prevista pelo Código Brasileiro de Trânsito para todo condutor que comete infrações de trânsito — de forma direta ou com a soma de 20 pontos na carteira de habilitação. Ao ser notificado da suspensão, o motorista tem 30 dias para se apresentar ao Detran e entregar sua habilitação. O condutor fica proibido de dirigir até cumprir o prazo determinado e participar das aulas de reciclagem.

O processo de reciclagem tem duração de 30 horas/aula e aborda temas relacionados à direção defensiva, primeiros socorros, legislação de trânsito e relacionamento interpessoal. Desde 2012 as aulas podem ser feitas no Detran ou nos CFCs.

Desde 2012, mais de 34 mil pessoas fizeram as aulas de reciclagem nos CFCs credenciadas pelo Detran a realizar os Cursos de Reciclagem para Motoristas Infratores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *