Publicado em 12 de setembro, 2018 as 15h25.

10 dicas que você precisa saber para passar na prova teórica do DETRAN

Por

prova-teorica_dicaOs índices de reprovação no exame teórico variam bastante de Detran para Detran. Em média, 50% dos candidatos à primeira habilitação reprovam na primeira tentativa.  Isso ocorre, principalmente, pelo despreparo dos candidatos, pois muitos estudam sem entender o conteúdo e se preocupam em “decorar” as respostas. Além, é claro, do nervosismo na hora da prova.

A Tecnodata e o Portal do Trânsito prepararam uma série de dicas para auxiliar o futuro condutor a passar na prova teórica, de primeira. Veja quais são elas!

1.       Saiba com antecedência como será a prova.

Na maior parte do país a prova teórica tem 30 questões objetivas, ou seja, de múltipla escolha com apenas uma alternativa correta. Por lei, as questões são distribuídas proporcionalmente à carga horária das disciplinas do curso teórico (cálculo para prova com 30 questões): 12 de Legislação (incluindo Infrações e Sinalização), 10 de Direção Defensiva, 03 de Primeiros Socorros, 03 de Cidadania e Meio Ambiente e 02 de Mecânica Básica. Para ser aprovado o candidato precisa acertar no mínimo 70% da prova, o que equivale a 21 questões se ela tiver 30 no total.

2.       Preste bastante atenção nas aulas teóricas.

O curso teórico tem 45 horas/aula e é obrigatório cumprir toda a carga horária. Sendo assim, não perca tempo! Aproveite as horas que estiver em sala de aula para realmente aprender. Preste atenção nas informações passadas pelo instrutor, nos conteúdos apresentados e nos materiais didáticos utilizados. Fique atento às dicas, às indicações de site e materiais complementares. E não esqueça de tirar todas as dúvidas antes de marcar o exame!

3.       Estude em casa também.

Estudar apenas durante as aulas do curso teórico não basta para evitar a reprovação. Leia a apostila que você receber antes de ir para as aulas, destacando o que considera mais difícil. Depois das aulas, releia o conteúdo estudado e confira se os seus apontamentos foram esclarecidos. Siga as orientações do instrutor quanto a sites e materiais complementares para auxiliar nos seus estudos. Aproveite para verificar também se o próprio Centro de Formação de Condutores que você está matriculado não possui materiais para venda ou empréstimo.

4.       Estude mais o que você tem maior dificuldade.

A probabilidade de cair na prova mais questões do que você menos sabe é grande. E neste caso, é melhor não contar apenas com a sorte. Durante o curso teórico, você conseguirá identificar claramente quais conteúdos você tem mais e menos facilidade de compreensão. Procure focar nos assuntos que você considera mais difíceis. Dedique mais tempo de estudo para eles. Para verificar se realmente já está em condições de fazer o exame, teste seus conhecimentos com provas específicas destes conteúdos.

5.       Leia bastante para melhorar a interpretação de texto.

Um dos principais motivos de reprovação no exame teórico é a dificuldade do candidato em saber interpretar as questões. O que ocorre, na maioria das vezes, é que o candidato não entende a questão e, consequentemente, não consegue respondê-la.  Para melhorar a interpretação da prova, o ideal é ler mais a apostila do curso e outros materiais relacionados. Isso irá ajudá-lo a se familiarizar com a linguagem e os termos técnicos da área. O que certamente fará toda a diferença na hora o exame.

6.       Faça simulados.

Fazer simulados da prova teórica é fundamental para conhecer o estilo das questões e diminuir o nervosismo no dia do exame.  Não se limite apenas a obrigatoriedade da realização das provas específicas após a conclusão de cada disciplina e ao simulado geral após o fim do curso teórico. Busque fazer mais provas para se habituar à linguagem utilizada nas questões e rever conteúdos que não ficaram tão claros. Existem materiais específicos para o aluno praticar, pergunte ao seu instrutor! Além disso, a maioria dos Detrans disponibiliza em seus sites oficiais vários simulados das provas, clique aqui para conferir!

7.       Não seja precipitado para fazer o exame.

Se você ainda tem dúvidas sobre algum conteúdo, não arrisque! Estude um pouco mais e só marque o exame quando estiver realmente seguro. Existem inúmeros materiais didáticos além da apostila que podem te auxiliar nesse momento: vídeos, banco de questões, provas específicas, simulados, entre outros. Converse com seu instrutor ou pesquise na internet, você certamente irá encontrar várias opções!

8.       Leia as perguntas mais de uma vez durante a prova.

Muitos temem as famosas “pegadinhas” durante a prova, mas para evitá-las basta ter calma e concentração. Preste muita atenção nos enunciados das questões para entender o que realmente está sendo perguntado. E somente depois disto, procure identificar a alternativa correta, ou seja, aquela que responda exatamente o que foi questionado. Não seja impulsivo! Leia as questões quantas vezes forem necessárias para não ser induzido ao erro.

9.       Na prova, faça as questões mais fáceis primeiro.

Durante a prova, leia todas as questões e faça primeiro aquelas que você tem certeza da resposta. Mas leia cada uma delas com bastante atenção para não cair em nenhuma “pegadinha”! Depois, administre o restante do tempo para analisar melhor as questões que restaram. Leia uma a uma com calma, até não ter dúvida de qual é a resposta correta.

10.   Planeje-se e mantenha a calma na hora do exame.

Antes do exame, procure dormir e se alimentar bem. Identifique o endereço do local da prova com antecedência e saia de casa cedo, para não chegar atrasado. Mantenha a calma e evite ficar estudando minutos antes da hora do exame. Faça exercícios de relaxamento para diminuir a tensão enquanto espera o momento da prova. Na hora do exame, preste atenção nas orientações do avaliador, respire fundo, concentre-se na sua prova e não fique preocupado com quem termina antes de você. Fique atento ao tempo limite da prova e responda todas as questões.

Boa sorte!