Publicado em 11 de janeiro, 2018 as 08h20.

Projeto proíbe trânsito de motos nos corredores entre faixas

Por Agência de Notícias.

Motos no corredor
A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Viação e Transportes e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Foto: Arquivo Tecnodata.

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 8192/17, do deputado Heuler Cruvinel (PSD-GO), que proíbe motociclistas de trafegar pelos corredores.

Hoje, trafegar entre os carros em faixas de rolamento paralelas é uma prática permitida pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB – Lei 9.503/97).

O autor do texto alerta para “a constante violência que acompanha o uso do espaço entre os veículos, entre as faixas de trânsito, com espelhos retrovisores arrancados, chutes na porta e muitos sustos”.

Heuler Cruvinel acredita que a disputa do espaço entre as faixas pelos motociclistas retirou dos demais condutores e dos pedestres a segurança de circulação nas cidades.

O texto também estabelece que os motociclistas devem transitar pela faixa da direita sempre que não houver faixa própria a eles destinada, além de proibir a circulação sobre as calçadas das vias urbanas.

Tramitação

A proposta será analisada de forma conclusiva pelas comissões de Viação e Transportes e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

As informações são da Agência Câmara de Notícias

  • Alves Sérgio

    Eu dia que o CTB hoje fala em distâncias laterais a serem mantidas, partindo-se desse artigo não vejo onde é permito portanto pelo CTB…

    • Alessandro Araujo

      Moto é agilidade e ponto final essa lei não pega ou terá que pegar os caras no meio da pista

  • Reinaldo

    Heuler Cruvinel (PSD-GO), esse sujeito, não sabe o que é andar de motos, por isso fica inventando moda, tantas coisas mais importante a fazer, deixa o transito para técnico, não fique ai, para de se aparecer, crie Leis ao seu municipio, seus eleitores, que terá melhor reconhecimento. Os politicos brasileiros, estão sempre procurando fazer alguma coisa, mas com SEGURANÇA, EDUCAÇÃO, TRANSPORTES E SAÚDE, isso não dá voto. tenha santa paciência.