Publicado em 13 de fevereiro, 2017 as 08h33.

Mitos e verdades sobre o funcionamento dos veículos

Por Mariana Czerwonka.

Mecânica básica
O mau estado de funcionamento e conservação do veículo pode afetar diretamente a segurança do trânsito.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, todo condutor deve ter conhecimentos básicos de mecânica. Além de existirem infrações e penalidades, o mau estado de funcionamento e conservação do veículo pode afetar diretamente a segurança do trânsito.

Por esse motivo, o Portal do Trânsito esclarece alguns mitos e verdades sobre conhecimentos básicos para o dia a dia de condutores e demais usuários do trânsito.

Aquecer o veículo antes de trafegar é melhor para o motor

MITO: Antigamente era assim, o condutor ligava o veículo e deixava o carro “esquentando” antes de trafegar. Hoje em dia, sabe-se que aquecer o motor com o veículo em movimento tem muitas vantagens, a primeira é que não acumula gases tóxicos na garagem. Outra é que aquece além do motor, todo sistema de transmissão. O condutor não deve forçar o motor até que ele atinja a temperatura ideal de funcionamento.

É melhor para o motor manter sempre o tanque cheio

VERDADE: Quando o tanque de combustível está vazio, na verdade está cheio de ar. A umidade contida no ar condensa-se formando água. Por isso, andar com combustível “sempre na reserva” provoca o acúmulo de água dentro do tanque, o que diminui muito a qualidade do combustível, afeta o desempenho do motor e pode danificar o sistema de injeção e a bomba de combustível.

Combustível aditivado é muito melhor que o comum

MITO: Os fabricantes geralmente recomendam a utilização de combustível comum, de boa procedência e qualidade. Utilizar combustível aditivado ou colocar aditivos extras no tanque pode representar um custo adicional desnecessário.

Dirigir com o pé apoiado na embreagem é prejudicial

VERDADE: Esse hábito, muito comum, favorece o desgaste prematuro da embreagem. Por menos que se apoie, já se ativa o sistema – mesmo que em parte – e isto contribui para o seu desgaste. De acordo com especialistas, dirigir com o pé apoiado na embreagem acelera o desgaste do disco, molas e rolamentos em até 40%.

Nas descidas, trafegar em ponto morto economiza combustível

MITO: Descer engrenado e sem acelerar, usando mais o freio motor, significa mais segurança e economia. Nas descidas, o motor é um grande auxiliar para o condutor controlar a velocidade do veículo. Como regra geral deve-se utilizar a mesma marcha que seria utilizada na subida.

O pneu deve ser calibrado frio

VERDADE: Calibrar os pneus regularmente, especialmente antes de viagens, obedecendo às recomendações do fabricante é um cuidado essencial. Além disso, para o pneu ficar com a pressão correta ele deve ser calibrado quando estiver frio. Pressões incorretas, principalmente abaixo do normal, causam desgaste prematuro e desestabilizam o veículo.

 

Não se deve abrir a tampa do reservatório de água com o motor quente

VERDADE: Caso o condutor abra a tampa do reservatório com o motor quente, o vapor poderá provocar queimaduras graves. O ideal é sempre esperar o motor esfriar.

Ao dar a partida no veículo, as luzes e equipamentos elétricos devem estar desligados

VERDADE: Ao acionar o motor de partida, a bateria é exigida ao máximo, por esse motivo, é prudente desligar todas as luzes e equipamentos elétricos ao ligar o carro.