Publicado em 06 de março, 2018 as 15h04.

Ministério Público quer pena maior para ex-deputado Carli Filho

Por Mariana Czerwonka.

Julgamento Carli Filho
Os promotores Marcelo Balzer e Paulo Markowicz de Lima após o júri. Foto: Mariana Czerwonka.

O Ministério Público do Paraná informou que protocolou um recurso de apelação que busca aumentar a pena aplicada ao ex-deputado estadual Luiz Fernando Ribas Carli Filho, condenado na semana passada pelo Tribunal do Júri a 9 anos e 4 meses de prisão por duplo homicídio com dolo eventual pelas mortes, em 07 de maio de 2009, de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida.

De acordo com o Ministério Público, o órgão informou que manifestou à Justiça que recorrerá para aumentar a pena aplicada ao ex-deputado por entender que, “embora a sentença tenha sido bem fundamentada, desconsiderou graves circunstâncias que se prestariam ao aumento da condenação, entre outras questões”.

A defesa também já formalizou que pretende recorrer da decisão que condenou Carli Filho.

Agora, as duas solicitações são encaminhadas para o juiz Daniel Surdi de Avelar e as partes terão oito dias para apresentar os argumentos.

O ex-deputado pode recorrer da pena aplicada em liberdade.

Com informações do Ministério Público do Paraná

No tópico: Legislação