Publicado em 19 de dezembro, 2017 as 13h26.

Mudanças no Denatran podem impactar decisões no processo de formação de condutores

Por Mariana Czerwonka.

Portaria do Denatran
Portaria que exonera Elmer Coelho Vicenzi. Foto: Divulgação.

Foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (19) a Portaria nº 1152, assinada pelo Ministro Eliseu Padilha, Chefe da Casa Civil, que exonerou Elmer Coelho Vicenzi do cargo de Diretor do Departamento Nacional de Trânsito da Secretaria-Executiva do Ministério das Cidades (Denatran). No lugar foi nomeado Mauricio José Alves Pereira, que é advogado e ex-diretor de engenharia do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (DETRAN-PB ).

O novo diretor do Denatran também já foi secretário de São Mamede, município do estado da Paraíba localizado na Microrregião do Seridó Ocidental Paraibano e foi Procurador em Patos/PB, Sttrans e também no Procon.

Para Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor do Portal, não temos tido muitos bons resultados nos esforços para humanizar a nossa violenta mobilidade nestes 20 anos de CTB.

“Curiosamente em nosso país, o cargo máximo dos órgãos nacionais Normativo e Executivo de trânsito são ocupados pela mesma pessoa. E o poder de quem assina por ambos é muito grande. Então, quando vemos uma troca assim, em final de ano, véspera de ano eleitoral, com tanta turbulência política, e com tantas modificações implementadas e em vias de implementação nas regras de trânsito, ficamos preocupados quanto à natureza da medida, se mais técnica ou mais política, e que impactos isso vai significar”, explica.

Para Mariano, o momento exige atenção. “Temos que ficar atentos aos próximos passos, próximas exonerações e nomeações. O que nos resta é torcer para que essa gestão priorize a educação e a segurança e as melhorias no trânsito”, conclui.