Publicado em 15 de março, 2017 as 15h29.

Aulas práticas de direção serão monitoradas por câmeras na Paraíba

Por Mariana Czerwonka.

Aula prática monitorada
O monitoramento é realizado a partir da telemetria com imagem para reconhecimento facial e biométrico. Foto: Arquivo Tecnodata.

As aulas práticas ministradas pelas autoescolas da Paraíba deverão contar obrigatoriamente com monitoramentos biométrico e facial dos alunos e dos instrutores. De acordo com o Superintendência do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), Agamenon Vieira, o sistema deve ser implantado no estado dentro de um mês e em seguida, órgão iniciará a inspeção nos Centros de Formação de Condutores.

Conforme portaria nº 10/2017 do Detran, o objetivo da medida é diminuir o índice de fraudes no processo de obtenção de Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O monitoramento é realizado a partir da telemetria com imagem para reconhecimento facial e biométrico.

O sistema será acionado assim que o aluno e o instrutor entram no veículo da autoescola e monitora quilometragem inicial e final da aula, horário, localização exta, velocidade, percurso, realização de manobras como baliza e garagem, além de verificar o cumprimento de carga de 25 horas de aulas práticas.

A telemetria também tira fotos em diversos momentos das aulas para mostrar que o treinamento é realizado pelo mesmo aluno. Todos os dados captados pela telemetria serão arquivados por até cinco anos, e um relatório eletrônico de avaliação do candidato que é encaminhado pelas autoescolas para o Detran antes da prova prática.

“Isso é para evitar fraudes no treinamento dos alunos, além de garantir que os eles sejam bem capacitados”, ressaltou Agamenon  Vieira.

As informações são da Secom-PB