Publicado em 01 de agosto, 2017 as 18h22.

Evento em Curitiba aborda a segurança viária na América Latina

Por Mariana Czerwonka.

Evento em Curitiba
Estudantes, representantes do poder público, do setor privado, da academia e da sociedade civil lotaram o auditório para assistir o Road Show. Foto: Mariana Czerwonka.

O Workshop realizado hoje e amanhã (02) pelo Instituto de Treinamento e Pesquisa das Nações Unidas (UNITAR) em parceria com o Centro Internacional para Formação de Atores Locais (CIFAL Curitiba) e o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP) começou hoje, em Curitiba, com o objetivo de debater o tema da segurança viária, compartilhar boas práticas e promover a reflexão sobre hábitos e costumes no trânsito.  A atividade conta com o apoio da Diageo.

“Nestes dois dias iremos dialogar na busca de proposições para que literalmente a gente tenha um mundo melhor”, afirmou Edson Campagnolo, Presidente, Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP).

O evento foi destinado a representantes do poder público, assim como do setor privado, da academia e da sociedade civil.

Para Marcos Traad, diretor- geral do Departamento de Trânsito do Paraná, é preciso investir em educação contínua. “Existem campanhas exitosas no Brasil, mas infelizmente não temos uma educação continuada durante o ano todo. No Paraná estamos tentando, inclusive devolvendo à sociedade aquilo que é arrecadado com as infrações, seja em segurança viária com projetos de sinalização nos municípios, seja através da Escola Pública de Trânsito, que tem atividades de educação para o trânsito contínuas o ano inteiro”, explicou Traad.

Durante o primeiro dia foram abordados temas como formação de condutores, uso do álcool ao volante e fiscalização de trânsito.

“A Associação Nacional dos Detrans vai até o Congresso Nacional solicitar uma legislação mais rígida em relação aos crimes cometidos no trânsito”, afirmou Antônio Carlos Gouveia, presidente da AND e diretor-geral do Departamento de Trânsito de Alagoas.

Uma das intenções do encontro é mostrar cases de sucesso sobre o tema na América Latina, como é o programa Conduzindo Sem Álcool, presente há 15 anos no México. De acordo com Dr. Othon Sanchez, fundador do programa, a fiscalização reforçada com o uso do bafômetro, reduziu em 45% o número de acidentes fatais naquele País.

Os acidentes de trânsito estão em 9º lugar na liderança mundial em causa de mortes, independentemente da idade, porém com a maioria entre jovens de 15 a 29 anos. Por esse motivo, a programação contou também com uma apresentação especial com o objetivo de atingir os jovens. Idealizado pela International Road Safety Academy (IRSA), da Espanha, o Road Show é um programa educacional multimídia de segurança viária estruturado por meio de uma apresentação teatral. As apresentações procuram sensibilizar a plateia trazendo depoimentos de médicos, bombeiros e policiais de trânsito que vivenciaram situações reais, bem como os depoimentos de vítimas e familiares.

O evento continua amanhã. A programação completa pode ser vista aqui.