Publicado em 17 de novembro, 2017 as 13h41.

Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito será celebrado no próximo domingo (19)

Por Mariana Czerwonka.

Vítimas do trânsito
As mortes e lesões decorrentes de acidentes de trânsito são eventos repentinos, violentos e traumáticos, cujo impacto é duradouro, muitas vezes permanente. Foto: Freeimages.com

Criado em 1993 no Reino Unido pela RoadPeace, o Dia Mundial em Memória às Vítimas do Trânsito é celebrado internacionalmente no terceiro domingo do mês de novembro. Neste dia são homenageadas não só as pessoas que morreram em decorrência das fatalidades do trânsito, mas também familiares, amigos, equipes de emergência dedicadas, policiais e profissionais médicos que lidam diariamente com as consequências traumáticas das mortes e lesões no trânsito. Este ano a data será lembrada no próximo domingo dia 19.

“A definição mais apropriada para esse dia seria a celebração pela vida. É um momento para a sociedade refletir e propor ações que possam diminuir os números assustadores do nosso trânsito”, explica Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor do Portal.

No Brasil, as ações nesse dia iniciaram em 2007, e este ano várias cidades contam com programação especial para a data.

Dados oficiais divulgados pelo Ministério da Saúde mostram que em 2015, 38.651 pessoas morreram no trânsito brasileiro. Em 2014 foram registradas 43.780 mortes.

Por que há uma necessidade para este dia?

As mortes e lesões decorrentes de acidentes de trânsito são eventos repentinos, violentos e traumáticos, cujo impacto é duradouro, muitas vezes permanente. Todos os anos, milhões de pessoas recém-feridas e enlutadas de todos os cantos do mundo são adicionadas aos inúmeros milhões que já sofrem como resultado de um acidente de trânsito.

O peso do sofrimento e da aflição experimentado por este grande número de pessoas é ainda maior porque muitas das vítimas são jovens e muitos dos acidentes poderiam e deveriam ter sido evitados.

Este dia também se tornou uma ferramenta importante para os governos e para todos aqueles que trabalham com a causa, pois oferece a oportunidade de demonstrar a enorme escala e impacto das mortes e lesões no trânsito e a necessidade urgente de ações para conter essa carnificina.

Dia Mundial em Curitiba

Várias ações prometem homenagear as vítimas do trânsito e seus familiares em Curitiba. Organizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran/PR) e seus parceiros, dentre eles o Portal do Trânsito, a celebração começará durante a semana. Nos dias 16, 17 e 18, das 11h30 às 13h30, haverá performances de atores vestidos com túnicas brancas e faixas vinílicas nos pontos mais críticos em acidentes de trânsito da capital do Paraná.

No domingo, dia 19, será realizada, no Parque Barigui, uma ação com distribuição de mudas de árvores para chamar a atenção da população, além de caminhada com chegada no Memorial em homenagem às vítimas do trânsito.

O Instituto Paz no Trânsito (IPTRAN) realizará um Culto Ecumênico, também no mesmo Memorial, além de apresentação do Coral de Deus.

Serviços:

  1. Ação: Performances dos atores.

Data e hora: 16, 17 e 18/11 das 11h30 às 13h30

Locais:

01) Av. Visconde de Guarapuava (02 faixas)

02) Av. Mal. Floriano Peixoto x Av. Mal. Deodoro (02 faixas)

03) Av. Sete de Setembro, próx. Shopping Estação e UTFPR (02 faixas)

04) Av. Silva Jardim x Alferes Ângelo Sampaio (02 faixas)
2. Ação: Caminhada e Entrega de mudas de árvores

Data e hora: 19/11 – 15h

Locais: Parque Barigui em frente ao Salão de Atos

 

3. Ação: Culto ecumênico e apresentação de Coral

Data e hora: 19/11 – 09h

Locais: Parque Barigui – Memorial das Vítimas de Acidentes de Trânsito (atrás do Museu do Automóvel)