Publicado em 18 de novembro, 2015 as 12h52.

Aluno do Projeto Educando Jovens para o Trânsito recebe prêmio

Por Mariana Czerwonka.

Educando Jovens para o trânsitoO aluno José Cícero dos Santos, da Escola Dom Constantino Lüers de Campo Alegre/AL, ganhou o 2º lugar no Prêmio DENATRAN na categoria Educação de Jovens e Adultos: paródia. O trabalho apresentado pelo aluno foi a paródia da canção Raridade, de Anderson Freire, que o aluno intitulou de: “Bebida e Direção, Tô fora”.

A escola D. Constantino é participante do programa “Educando Jovens para o Trânsito” promovido pelo Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL) em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (SEE), que ficou em 3º lugar no 6º Concurso de Ações Inovadoras, realizado pela Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas (SEPLAG).

Durante o ano de 2014, o projeto que utilizou metodologia desenvolvida pela Tecnodata Educacional, capacitou mais de 550 professores de 97 escolas diferentes e envolveu mais de 50.000 alunos em todo o Estado. O objetivo do programa é a mudança de comportamento dos envolvidos, com foco na prevenção e preservação da vida no trânsito.

Segundo Eliane Pietsak, pedagoga da Tecnodata Educacional, “vários frutos foram colhidos com a mudança de comportamento, por parte dos alunos que passaram, por exemplo, a utilizar capacete para andar de motocicleta e o cinto de segurança nos veículos. Além disso, escolas conseguiram a implantação de faixas de pedestre em frente as suas dependências a partir do envolvimento e mobilização da comunidade, conseguidos depois da implementação do Programa. Muito professores passaram a adotar comportamentos mais seguros no trânsito tendo como foco a prevenção e a percepção de risco e não mais a fiscalização como principal motivador destas mudanças”, conclui.

Prêmio Denatran

O concurso, promovido pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), elege anualmente os melhores trabalhos produzidos sobre o tema Trânsito e tem como objetivo incentivar a produção de trabalhos técnicos, científicos e artísticos voltados ao tema trânsito.

O Prêmio faz parte das ações realizadas pelo Ministério das Cidades, cujo intuito é contribuir com a Década Mundial de ações para Segurança no Trânsito na diminuição dos números alarmantes de pessoas que perdem a vida em acidentes de trânsito.

Na edição deste ano, o município com maior número de trabalhos enviados foi Canindé-CE, com a inscrição de 99 trabalhos.