Publicado em 04 de setembro, 2017 as 14h53.

Vem aí o Bicicultura 2017: confira a programação

Encontro nacional começa no dia 07 de setembro, em Recife, e terá atrações para toda a família

Por Mariana Czerwonka.

Com o tema "A Revolução das Bicicletas", o evento tem uma programação recheada de atividades culturais e esportivas. Foto: Divulgação.
Com o tema “A Revolução das Bicicletas”, o evento tem uma programação recheada de atividades culturais e esportivas. Foto: Divulgação.

Que tal aproveitar o feriadão ao lado da família e amigos, discutindo novas formas de se viver a cidade? O Bicicultura 2017 promete transformar o Recife na capital nacional do ciclismo entre os dias sete e 10 de setembro.

Com o tema “A Revolução das Bicicletas”, o evento tem uma programação recheada de atividades culturais e esportivas. Esta é a segunda edição do encontro – a primeira aconteceu em 2016, em São Paulo e reuniu mais de 10 mil pessoas.

As informações completas podem ser encontradas no site www.bicicultura.org.br. Conheça alguns destaques!

É dada a largada

A abertura oficial do Bicicultura 2017 será no dia 07/09 (quinta-feira), no Teatro Apolo (Rua do Apolo, Recife Antigo), a partir das 13h. Logo mais, às 14h, o teatro recebe a palestra magna Momento de Opressão, voltada pra a discussão das desigualdades na mobilidade. Participam Carmen Tornquist, Mestre em Sociologia Política e Doutora em Antropologia Social, e Leo Vinicius que organizou, sob o pseudônimo Ned Ludd, livros como “Apocalipse Motorizado: a tirania do automóvel em um planeta poluído” (Conrad, 2004). Ele é doutor em Sociologia Política pela UFSC e autor de artigos como “O Uso Político da Bicicleta” e “Bicicleta e Tempo de Contestação”.

Entre os convidados para as palestras magnas estão Peter Cox e Áurea Carolina, que realizam debate no sábado (09), a partir das 10h, no Paço Alfândega. Cox é Professor da Faculdade de Ciências Sociais da Chester University, na Inglaterra, já esteve envolvido em diversos projetos ligados à organização comunitária, sustentabilidade social e ambiental. Áurea Carolina é militante de causas sociais ligadas à cidade e à mulher, foi eleita vereadora em 2016 (mais votada da história de Belo Horizonte) pelo PSOL e falará sobre a importância do fortalecimento, da união e do intercâmbio entre o ativismo local e nacional para o alcance das mudanças desejadas.

Mostra de filmes

As bicis ganharão a tela grande na Mostra de Vídeos Bicicultura acontece no na quinta (07), a partir das 10h, no Cinema São Luiz. O evento vai traçar um panorama atual da produção audiovisual nacional sobre a temática bicicleta.

Serão mais de 15 filmes, em quatro categorias competitivas:

-Cicloativismo: Filmes que destacam a relação dos movimentos cicloativistas com a cidade.
-Cultura da Bicicleta: Ilustra o universo das iniciativas e da cultura atual em torno do conceito estético-ciclístico nas cidades.
-Horizontes: Mostra um universo além das cidades englobando atividades como esportes, lazer, competições e/ou cicloturismo.
-Documentários: Alinha temas de interesse civil para o uso da bicicleta em diferentes setores da sociedade.

Biciculturinha para a criançada

É de pequeno que se ensina sobre como viver cada vez melhor. O Biciculturinha acontecerá todos os dias do evento. Através de estímulos sonoros, sensoriais, visuais, propor às crianças presentes que criem suas próprias cidades, mostrando o que elas desejam e deixando a vontade para que tragam memórias afetivas dos parques, das praças, estimulando que eles lembrem de lugares com muita natureza e liberdade e reflitam sobre a atual situação da cidade em que vivem.

Atividades esportistas

O Bicicultura 2017 contará com passeios e competições especiais. Uma delas é a Alley Cat Race. Criada em Toronto no ano de 1989, é uma corrida informal organizada por “bike messengers”. A ideia é percorrer, no menor tempo possível, pontos estrategicamente localizados no meio da cidade. A corrida será na sexta 08/09, às 19h, saindo do Paço Alfândega.

Outro destaque será a cicloviagem. Além de um bate papo sobre o tema, a turma da União de Ciclistas de Pernambuco (Ucipe) está organizando uma cicloviagem saindo do Marco Zero até Porto de Galinhas, no estilo bate e volta, no sábado (09). O Parque Santana recebe na sexta (08) o Bicicrosscultura, corrida de BMX em duas fases. Começa às 14h.

No domingo os curiosos e amantes de esportes poderão conhecer a Bike polo, que utiliza bicicletas no lugar dos cavalos. As aulas serão no Parque Santana,  das 8h às 12h.

Oficinas

O Bicicultura está repleto de oficinas voltadas para o dia a dia dos ciclistas. São aulas práticas que visam ajudar a formação de grupos de pedal, estimular o cicloturismo e principalmente engajar pessoas para a causa. Destaque para a oficina Mecânica Emergencial para Mulheres, com direito a bate-papo e orientações básicas sobre manutenção e reparo de bicicletas para mulheres. Será comandada por Juliana Agra e Tássia Furtado, AL / RS. Já Juliana Boldrin vai comandar um encontro sobre ser mulher e ciclista na cidade, com aulas de stêncil e pintura livre em camisetas.

Campanha online – reta final!

O Bicicultura conta com o apoio de todos para acontecer. Por isso, segue com  uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) até o dia 05/09. São várias opções de recompensas como kit com broche, adesivo, spok card e camiseta, livro de fotografias e até mesmo um passeio turístico social pelos mangues de Recife.  Num esquema conhecido como “tudo ou nada” a campanha precisa alcançar a meta para que o evento possa receber as colaborações, do contrário, a doação volta para o colaborador.  Participe no link: http://benfeitoria.com/bicicultura2017.