Publicado em 02 de maio, 2017 as 07h59.

Portal do Trânsito, mais uma vez, apoia o Maio Amarelo

Por Mariana Czerwonka.

Maio amarelo
Desde o início, o Portal do Trânsito aderiu ao movimento.

O Movimento Maio Amarelo nasceu, no ano de 2014, com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “MAIO AMARELO” estimula seus participantes a promoverem atividades voltadas à conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e à avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos movimentos de conscientização no combate ao câncer de mama, ao de próstata e, até mesmo, às campanhas de conscientização contra o vírus HIV – a mais consolidada nacional e internacionalmente.

Portanto, a escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

Tema 2017

O tema escolhido para a campanha desse ano é #MinhaEscolhaFazADiferença.

Celular ao volante, beber e dirigir, não usar cinto, entre outras, são escolhas no trânsito e, no geral, podem ser a causa de acidentes com graves consequências.

O tema é abordado numa linguagem acessível e direta para que as dicas sejam assimiladas por todos. São orientações simples, mas importantes, que buscam mudar comportamentos, chamam a atenção para a reflexão, para o planejamento e um olhar sempre atento para as questões de segurança.

Apoio do Portal do Trânsito

Desde o início, o Portal do Trânsito aderiu ao movimento apoiando e divulgando a ideia e seus objetivos principais.

“Em março de 2010, a ONU definiu o período de 2011 a 2020 como a ‘Década de Ações para a Segurança no Trânsito’, com o intuito de reduzir a mortalidade no trânsito mundial. Todas as ações nesse sentido, como é o Maio Amarelo, são bem vindas e merecem o apoio de toda a sociedade”, explica Celso Alves Mariano, diretor do Portal do Trânsito.

O trânsito está entre as primeiras causas de morte no Brasil. Só em 2014, mais de 43 mil pessoas perderam a vida nas vias do país. Somos o quarto país no mundo com mais mortes no trânsito.