Publicado em 06 de novembro, 2016 as 08h23.

Governo do PR apresenta projeto de redução de vítimas no trânsito

Por Mariana Czerwonka.

Detran_Paraná
O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran), em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde apresentaram pelo Sistema de Videoconferência o “Projeto Vida no Trânsito” para Ciretrans nos municípios de Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Maringá, Cascavel, Paranavaí e Jacarezinho. Foto: Rafaela Fiala – Detran/PR

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e a Secretaria de Estado da Saúde apresentaram, pelo Sistema de Videoconferência, o “Projeto Vida no Trânsito” para Ciretrans nos municípios de Ponta Grossa, Francisco Beltrão, Maringá, Cascavel, Paranavaí e Jacarezinho.

Além de explicar o funcionamento e os resultados alcançados na busca pela redução de mortes e lesões graves em acidentes de trânsito, os representantes do projeto convidaram os participantes para serem colaboradores das ações.

“O Detran acredita que manter os investimentos e a integração entre o Estado e a sociedade organizada nos próximos dez anos pode trazer resultados significativos para o trânsito. O Sistema de Videoconferência tem sido um ótimo meio para executarmos as atividades de educação que poderão beneficiar as futuras gerações”, afirma o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Segundo a representante da Secretaria da Saúde e integrante do projeto, Júlia Cordellini, a ideia do encontro foi expandir o “Vida no Trânsito” de forma intersetorial.

“A parceria com o Detran, que ocorre desde 2011, é de boa qualidade e integração. Queremos capacitar gestores de cada município para aplicar sua intervenção focada em estudos que considerem as necessidades reais dos municípios”, explica ela.

Para a coordenadora de Educação do Projeto em São José dos Pinhais e especialista em Gestão e Segurança no Trânsito, Josiane Inacio Arruda, a conquista de resultados expressivos depende de boas parcerias.

“Sozinho a gente não faz nada. O Estado tem nos trazido uma contribuição, e isso fortalece as ações locais a serem realizadas. Essa é uma chance de difundir essa cultura de segurança no trânsito para atingir objetivo maior de reduzir 50% dos acidentes de trânsito”.

Participantes

Além do diretor-geral do Detran, fizeram parte da apresentação do projeto o vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária, Mauro Gil; representantes da Secretaria de Saúde, Julia Cordelini, Emerson Peres; a coordenadora da Educação para o Trânsito do Semuttran, Josiane Inácio Arruda; o professor de Engenharia Civil da UFPR, Jorge Tiago Bastos; psicóloga Mariana Ribeiro Franzoloso; psicólogo da coordenadoria de Programas Educativos de Trânsito do Detran, Fabiano Xisto Correia e os coordenadores do Projeto no Detran Leonardo Napoli e SESA Tânia Mascarenhas.

Sobre o projeto

O projeto foi criado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), onde os 10 países com os maiores índices de mortes no trânsito são parceiros da iniciativa: Rússia, Turquia, China, Egito, Índia, Camboja, Quênia, México, Vietnã e Brasil.

No Paraná, o objetivo do projeto é subsidiar gestores no fortalecimento de Políticas de Prevenção de Lesões e Mortes no trânsito, por meio da qualificação, planejamento, monitoramento, acompanhamento e avaliação das ações.